Uma mulher de 27 anos foi autuada em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (03.01), em Sorriso, após agredir fisicamente a filha de 11 anos. A criança apresentou lesões em várias partes do corpo.

A equipe da Delegacia de Sorriso apurou que a mãe agrediu a filha porque se irritou com conversas que a garota mantinha no celular. A mulher de 27 anos foi encaminhada à delegacia, onde foi autuada pelo crime de lesão corporal cometida por motivos do gênero feminino e teve fiança arbitrada.

A avó da criança compareceu à delegacia e requereu medidas protetivas em desfavor da mãe da neta. O Conselho Tutelar de Sorriso foi acionado e decidiu retirar a criança do convívio da mãe.

“É muito importante que discutamos essa questão da violência física contra crianças e adolescentes. O castigo físico é naturalizado e entendido como uma espécie de ‘exercício regular de direito’, o que é totalmente inverídico. Crianças devem ser protegidas, orientadas e acolhidas. A violência não é caminho para a educação, pois além de gerar diversos traumas na vítima, é crime e como tal será tratado”, pontuou a delegada Jéssica Assis.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta