O governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, lançaram nesta quarta-feira (05.01) sete editais para o concurso público das forças de segurança. O certame contemplará 11 diferentes cargos destinados à Policia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Judiciária Civil e Politec.

Os editais serão publicados na edição extra do Diário Oficial desta quarta-feira (05.01) e mais informações podem ser consultadas no site: www.iomat.mt.gov.br. Para a realização do concurso, o Governo do Estado contratou a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

As inscrições iniciam no dia 12 e seguem até o dia 24 de janeiro, ao valor de R$ 130. Todas as vagas exigem Ensino Superior Completo e serão para cadastro de reserva, no entanto, o governador anunciou que pretende nomear 1.200 novos servidores em 2022.

“Temos uma previsão de nomear 1.200 aprovados ainda este ano. Apesar de o concurso ser para cadastro de reserva, todo aquele que atingir a nota mínima de corte estará entre os aprovados e poderá ser nomeado, conforme a necessidade do Estado”, destacou Mendes.

Para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar, as vagas são para oficiais e soldado. Para a Polícia Judiciária Civil, as vagas são para escrivão e investigador. Já para a Politec, as vagas são para perito oficial criminal,  perito médico legista e perito odonto legista.

As provas vão ocorrer no dia 20 de fevereiro nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop e Barra do Garças. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

“O governo inicia o ano trazendo boas notícias que é a realização destes concursos para a segurança. Depois de ‘arrumar a casa’, o governador Mauro Mendes lança este concurso, que foi planejado com muito carinho e que vai repor o quadro de efetivos destas instituições”, disse o secretário Alexandre Bustamante.

As possíveis dúvidas sobre o edital podem ser sanadas pelo email: concursos@ufmt.br.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.