TERRA NOVA: PM prende seis pessoas e fecha área de garimpo ilegal

Quarta-feira (08/10) policiais militares do Batalhão Ambiental prenderam seis homens, por crime de extração de recursos minerais sem autorização, e fecharam um garimpo ilegal em Terra Nova do Norte. Na ação, foram apreendidos maquinários utilizados pelos suspeitos para o crime ambiental.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares receberam um alerta, emitido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), sobre uma área com suspeita de degradação, na zona rural de Terra Nova do Norte.

As equipes se deslocaram até a região e constataram que se tratava de uma área de exploração ilegal de minério, próxima a um córrego. No local, foram vistos dois motores estacionários – um deles fazia a captação da água do córrego, enquanto o outro liberava os rejeitos de minérios de volta ao córrego.

Ao entrarem na área, os policiais militares encontraram seis homens trabalhando na degradação da área, com tratores, esteiras e escavadeiras. Foi feito contato com o responsável pelo empreendimento que, ao ser questionado sobre as licenças ambientais, afirmou que o local não possuía documentação para funcionamento do garimpo.

Diante dos fatos, os policiais militares embargaram a obra e deram voz de prisão aos suspeitos encontrados no local. Eles foram encaminhados para a Delegacia da cidade, para registro do boletim de ocorrência e demais providências. O maquinário apreendido foi retirado da área, com apoio da prefeitura de Terra Nova do Norte.

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta