Poconé está em oração. Ainda há esperança. A direção do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) nega que a criança de um ano, socorrida pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), na tarde de terça-feira (13), tenha morrido. Segundo a unidade, a vítima encontra-se em estado grave, mas está internada em UTI, assim como sua irmã, de cinco anos.

“A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), que administra o Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto Socorro, informa que as pacientes J.R.S., 29 anos, B.E.M.S.R., 1 ano, e E.B.M.S.A., 5 anos, encontram-se internadas na unidade, para onde foram levadas após sofrerem acidente de trânsito. A situação das crianças é estável e ambas estão internadas em leitos de UTI. A mãe das pacientes pediátricas irá passar por uma bateria de exames. Todas estão recebendo toda a assistência médica necessária na unidade.”, diz a nota.

A Polícia Militar e Civil haviam recebido a informação de que a criança de um ano não teria resistido aos ferimentos e vindo a óbito. Diante da confirmação, vários sites de noticias, inclusive MTTOTAL, chegaram a lamentar e informar o fato; que agora foi ratificado.

A criança de um ano e a irmã foram socorridas de helicóptero e levadas até uma UPA de Poconé. Posteriormente, as duas transferidas até o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), também pelo Ciopaer.

Morreram no acidente: Jhonathan Diego Silva Dutra,  Doralice Marques da Silva e Fredolino Severiano da Silva. 

Segundo relato de um dos envolvidos no acidente, identificado como Claudio, ele estava seguindo em um Hyundai no sentido Poconé – Cuiabá quando foi ultrapassado pelo Corsa prata. O veículo que fazia a ultrapassagem acabou colidindo de frente com o Palio prata que vinha no sentido contrário.

O veículo de Claudio foi danificado na lateral esquerda pelos estilhaços da colisão. A causa do acidente será confirmada em laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta