Protocolo do Inventário dos Bens Culturais de Poconé

Pela manhã desta terça-feira (01/06) a Secretária e Diretora Municipal de Cultura, respectivamente Mariana Petronília e Laura Cristina, acompanhadas de Walney Rosa, produtor cultural, estiveram protocolando a entrega dos exemplares do Inventário Cultural de Poconé, junto às autoridades competentes.

Após entregar para a Secretaria de Cultura do Estado, ao qual teve o trabalho como plano piloto para todos os demais municípios do estado, a equipe realizou a entrega formal para os Vereadores da Câmara Municipal de Poconé, durante a sessão ordinária, em seguida entregaram para o Prefeito Tatá Amaral no Gabinete da Prefeitura, bem como para Secretaria Municipal de Cultura, estendido ao Departamento de Patrimônio (Arquivo do Patrimônio).

Mariana e Laura seguiram protocolando os demais exemplares, sendo: para a Biblioteca Municipal Dom Gallibert; Biblioteca Sesc Poconé (Manoel de Barros) e nos próximos dias entregarão para os membros da ACADEPAN e Conselho Municipal de Políticas Culturais.

O processo de execução do inventário consistiu em:

•        Conferência Cultural (12/11/2019);

•        Formação da Comissão;

•        Identificação dos bens culturais (Janeiro de 2020);

•        Levantamento de dados (in loco) (Fevereiro de 2020);

•        Cadastro das informações em bases de dados (Março de 2020).

No entanto foi finalizado durante a gestão da atual Secretária de Cultura, Mariana Petronília, tendo em vista o orientativo de adequação exigido pela Secretaria de Cultura do Estado.

Inventariar nada mais é que minudenciar e descrever as características peculiares de certo bem, registrando o estado de conservação em que se encontra, a localidade e outras informações relevantes. A partir de agora ocorrerão as discussões para tombamento de bens e ainda Correição (adequação) da proposta do estado junto ao município de Poconé.

Está agendado, a principio para a próxima terça-feira (08/06) às 10 horas da manhã, uma vídeo conferência entre as autoridades do setor e algumas lideranças de classe para debater sobre o assunto e a correição da legislação estadual, havendo possibilidade da vídeo conferência ser transmitida como live (transmissão simultânea para sociedade).

Duzentos e Doze bens culturais foram localizados em Poconé. A análise da documentação mapeada, as visitas técnicas, entrevistas e registros fotográficos permitiram concluir de forma geral as mais expressivas manifestações culturais do município, destacando ainda que de inventário faz parte da primeira ação de gestão do Patrimônio Cultural no município.

Posted Under Sem categoria
Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta