Em Poconé, cidade pantaneira de Mato Grosso, na recente sessão ordinária do parlamento municipal, o vereador Benedito Aurélio (PP) reconheceu um dos trabalhos sociais existentes em Poconé; as atividades de equoterapia.

A equoterapia ou terapia assistida por cavalos é um método terapêutico que utiliza o cavalo por meio de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

Benedito Aurélio apresentou Moção de Aplausos a Secretaria Municipal de Ação Social, Emprego e Renda, na pessoa da primeira Dama Joelma Gomes e equipe de profissionais; a Equoterapia Santa Clara, na pessoa de sua presidente Joaize Das Dores Almeida Lobo e toda equipe de voluntários, estendido ao proprietário do espaço o Senhor Fábio Oliveira, também vereador.

RECONHECIMENTO pela importante parceria firmada entre a entidade e a Secretaria Municipal de Assistência Social, emprego e renda com intuito de dobrar os atendimentos Equoterapia.

Na justificativa o vereador Bendito Aurélio destacou que “a Secretária de Assistência Social Joelma Gomes juntamente com parte da equipe do Social de Poconé, visitou a Equoterapia Santa Clara, com o intuito de conhecer o espaço e firmar parcerias. Com a parceria da Secretária Joelma Gomes, a Equoterapia que já atende 15 crianças, passará atender mais 15 crianças, totalizando 30 crianças atendidas pelo projeto”, defendeu.

A Equoterapia Santa Clara teve o início de suas atividades em fevereiro de 2020, como uma atividade interdisciplinar que abrange as áreas de saúde, educação, desporto e interação social, com o emprego do cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e sócioeducacionais.

É uma atividade que demanda a utilização do corpo inteiro do paciente, o que contribui para o desenvolvimento de força, tônus muscular, flexibilidade, relaxamento, consciência corporal, coordenação motora e equilíbrio. A própria interação do paciente com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, desde o manejo até o ato de montar, já desenvolve novas formas de socialização, autoconfiança e construção de uma autoimagem capaz e autônoma.

Além disso, durante a sessão, será proporcionado ao praticante uma variada gama de estímulos cognitivos com associações pedagógicas, cujo resultado é a melhora da atenção/percepção e, consequentemente, melhora da autonomia.

Os parlamentares aprovaram a Moção de Aplausos por unanimidade.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta