O vereador de Poconé, Luís Eduardo (Dudu) se mostra preocupado com o momento de ‘denuncismo’ contra a atividade de mineração.

Em entrevista ao site MTTotal, o vereador declarou: “Vereadores e órgãos ambientais e de fiscalização devem se unir para fiscalizar e separar o Joio do Trigo na mineração. As mineradoras que operam dentro da legalidade, atendendo as exigências ambientais estão sendo prejudicadas por uma onda de reportagens que contam meia verdade; porque há sim mineração legal em Poconé e em outras cidades de todo o Brasil”, declara o parlamentar Dudu.

A mais recente denúncia foi levada ao Ministério do Meio Ambiente.

“Queremos sim que os órgãos fiscalizadores vistoriem, façam o seu trabalho e depois divulgue sobre a exploração legal existente em Poconé. Tenho certeza que o poder legislativo e executivo municipal pode contribuir com isso”, completou o vereador.

REUNIÃO DO GABINETE DO VEREADOR

O vereador Dudu agendou para a manhã desta quinta uma reunião para tratar sobre mineração, veja parte do convite:

“Diante dos fatos midiáticos sobre a possibilidade da “justiça autorizar deflagração grandes operações em Mato Grosso a pedido da Ministra de Meio Ambiente Marina Silva”, consequência de relatórios técnicos produzido por ambientalistas acerca de garimpos, alegando degradação de terras, nascentes e rios dos municípios de Nossa Senhora do Livramento e Poconé; este parlamentar solicita uma reunião com a Secretária de Municipal de Meio Ambiente, Daniele Assis e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico, Amaral Junior.

Data: Quinta-feira (02/03)

Horário: 08 horas da manhã

Local: Solicito o espaço da SEDUE (Sala de reuniões da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico);

Assunto:

1- Apresentar quais as ações a serem desenvolvidas pelo Gabinete do Parlamentar;

2 – Propor visita de comitiva a Brasília; e

3 – Ouvir e debater sobre um possível Plano de Ação para tornar mais transparente a operação mineral dos empreendimentos em Poconé, impostos recebidos e geração de emprego e renda, fortalecimento da economia local.

O vereador ficou de se manifestar sobre os resultados após a reunião.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.