POCONÉ: Novamente quadrilha invade garimpo e usa pá-carregadeira para roubar tachos com ouro

Não! Não é matéria requentada. Não estamos falando do roubo que ocorreu no distrito de Cangas, meses atrás, com o mesmo moldes operante.

Novamente garimpos industriais em Poconé foram vítimas de assaltos, dessa vez, depois da fuga, a polícia foi chamada e fez rondas na região. O maquinário, a moto e um dos tachos foram encontrados em uma rua no bairro João Godofredo.

Uma quadrilha de assaltantes invadiu um garimpo na madrugada deste domingo (25) e usou uma pá-carregadeira para roubar seis tachos com ouro, em Poconé, a 104 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, os funcionários disseram que foram rendidos por um grupo com seis a sete homens encapuzados e armados.

Nenhum suspeito foi preso ou identificado até o momento. A invasão ocorreu no bairro Cruz Preta, por volta de 3h. Em abril deste ano algo semelhante ocorreu em uma mineradora no distrito de Cangas.

Segundo a PM, os funcionários contaram que os assaltantes usaram o maquinário do próprio garimpo para carregar os tachos. Uma motocicleta de um funcionário também foi levada.

Depois da fuga, a polícia foi chamada e fez rondas na região. O maquinário, a moto e um dos tachos foram encontrados em uma rua no bairro João Godofredo.

A Polícia Civil foi comunicada sobre o assalto e investiga o caso.

Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta