Na semana passada, cumprindo a sua agenda na quinta-feira (06/05), o prefeito Tatá Amaral, juntamente com a secretária municipal de Educação, Ornella Falcão, e sua equipe, e o assessor parlamentar do senador Fábio Garcia, Josias, estiveram reunidos com a equipe da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) apresentando a proposta para implantada uma Escola Agrícola Estadual no município de Poconé (100 km de Cuiabá-MT).

Atualmente, já existem 03 (três) escolas agrícolas funcionando no estado de Mato Grosso e a Seduc-MT iniciou a fase de análise de projetos das unidades que oferecem o Ensino Médio integrado à educação profissional visando contemplar 12 (doze) municípios com a implantação das escolas agrícolas e atingir a meta de 15 unidades estabelecidas pelo Governo do Estado e, com isso, valorizar os jovens do campo, fazendo com que atuem no espaço rural com formação técnica apropriada, incrementando a produção regional ou mesmo desenvolvendo o seu próprio negócio.

Em Poconé, o sonho da implantação de uma escola agrícola já perdura por mais de 03 (três) décadas (30 anos) e sua vinda se tornaria uma possibilidade de escola modelo para o Estado de Mato Grosso na implementação de Matriz Curricular da Educação Básica do Campo e para o Campo, promovendo formações técnicas integradas ao Novo Ensino Médio, desenvolvendo habilidades e competência aos jovens para gerir atividades agrícolas e acesso ao mercado de trabalho.

Pela proposta apresentada pelo município, a Escola Agrícola poderá ser instalada no Núcleo Avançado do Pantanal do Instituto Federal de Ciências e Tecnologia de Mato Grosso/Campus Cuiabá/Poconé/MT, através de parceria que poderá ser firmada entre a Secretaria de Estado de Educação, Prefeitura Municipal de Poconé e IFMT.

O Núcleo Avançado do Pantanal (NAPAN) é mantido pelo IFMT/Campus Cuiabá, e está situada na zona rural de Poconé, a 12 km, com acesso pela MT 370, Rodovia Francisca Figueiredo Arruda Martins (Porto Cercado), próximo ao Rio Bento Gomes, numa área de 25 hectares. A estrutura possui capacidade de atendimento para 200 estudantes, em período integral ou semi-integral, em diferentes cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio, abrangendo as cidades da Regional de Várzea Grande e entornos.

Os projetos de Poconé já se encontram em análise pela equipe técnica da Seduc que também já realizou um levantamento das atividades econômicas predominantes, em cada uma das regionais, que mostram a vocação de cada área de DRE, por exemplo, com algumas com destaque para pecuária, agricultura familiar, produção florestal ou agroindústria. Isso vem embasar a tomada de decisão, para que cada uma das novas escolas atenda e se adeque às necessidades locais.

A ESCOLA AGRÍCOLA

A escola agrícola 4.0 oferece o Ensino Médio integrado à educação profissional. Funciona em tempo integral, em regime de internato, atendendo à predominância econômica e setores produtivos da região onde é instalada, além disto, deve estar equipada e possuir laboratórios que atendam às especificidades dos cursos. Com a metodologia de Alternância, o aluno fica uma semana na escola e, na seguinte, aplica os conhecimentos teóricos na prática. Enquanto isso, na escola, outro grupo aprende a teoria, para então, realizar o revezamento. Mas, além dessas especificidades, o aluno é preparado para atuar como protagonista e tem formação em empreendedorismo.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.