A exemplo de outras cidades turísticas em diferentes regiões do Brasil e do mundo, Poconé poderá ter um letreiro gigante no receptivo da cidade, em seu portal de entrada.

Poconé é um município pantaneiro distante 100 quilômetros da capital do estado de Mato Grosso (Cuiabá) e que recebe turistas e visitantes de todo mundo, visto suas belezas naturais, culturais e históricas.

O vereador Fábio Oliveira do DEM pretende convencer o prefeito Tatá Amaral, também do DEM, a edificar na entrada da cidade o letreiro.

Para isso o parlamentar apresentou INDICAÇÃO, encaminhada ao prefeito no sentido de buscar entendimentos e tomadas de providencias determinando ao setor competente viabilizar obra de confecção de letreiro em caixa alta de fibrocimento com os dizeres “Eu Amo Poconé”, em ponto da entrada da cidade.

O parlamentar justificou seu pedido, “A criação de espaço instagramável (Que tem características próprias ou ideais para publicação na rede social Instagram e publicidade do local), fará daquele ambiente, um ponto especialmente decorado e visualmente interessante para despertar o desejo de tirar fotos, fazer vídeos, e consequentemente auxiliar na divulgação turística de Poconé, potencializando o comércio turístico local”, defendeu o vereador Fábio.

A possível repaginada na entrada da cidade dará mais visibilidade ao município. “Já temos um lindo portal, se adequarmos e melhorarmos o espaço será de fato visitado por turistas e visitantes”, pondera o vereador que ainda argumenta; “É um trabalho arquitetônico que vai deixar a entrada da cidade muito mais bonita e agradável para todos que passam pelo local”, finalizou.

MONUMENTO

O Portal da entrada da cidade foi “Inventariado” como Bem Material de Poconé, na categoria Imóvel como INSTALAÇÃO, sendo:

Nome e Descrição: Portal de Entrada da Cidade – CASTELINHO

Instalação artística se tornou obra de arte desde sua inauguração em 2002. (O termo instalação de arte foi definido nos anos 60 – quando a arte utiliza o espaço construído).

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta