O presidente do PEC, Vadô se afastará, será feita concessão para novo administrador e eleição do novo conselho para gestão do campeonato 2022.

Novidades para o time do coração de Poconé, cidade pantaneira, distante 100 quilômetros ao sul de Cuiabá, capital de Mato Grosso.

Consultado pela reportagem do MTTotal, o presidente Orivaldo Rondon (Vadô) apresentam os próximos passos que o Poconé Esporte Clube (PEC) deverá seguir. Vadô esclareceu que a concessão, eleição do conselho e seu afastamento será um processo rápido e acredita que os poconeanos estarão abraçando o time mais uma vez neste campeonato.

Nos próximos dias a atual diretoria está à procura de novo administrador e de empresários locais para conduzirem o campeonato da “segundona” em 2022. “A meta é encontrar empresários e torcedores de Poconé que queiram assumir o clube durante a temporada deste ano”, declarou Vadô. Caso não haja interessados, a gestão do clube será oferecida a empresários e torcedores do clube que estejam em Cuiabá e Várzea Grande, por exemplo.

A cada ano é escolhido um novo Conselho Deliberativo e Administrativo, no entanto sempre esteve a frente o senhor Vadô, ao qual este período por questões pessoais ficará no “banco”. “Por motivos pessoais e de saúde este ano não poderei estar à frente do nosso time do coração”, lamenta Vadô.

PROCEDIMENTOS:

Do dia 08 até o dia 15 de fevereiro ocorrerá uma série de reuniões com a torcida organizada e com empresários de Poconé para que o Conselho seja instituído bem como identificada a tendência dos patrocinadores;

Não havendo interessados de Poconé, de 15 até o dia 25 de fevereiro, o próprio presidente levará a proposta para empresários e torcedores de outros municípios que têm interesse em gerir o PEC.

“Entre as exigências que devo fazer é a de que tenha um Assessor Financeiro indicado pela atual presidência para acompanhar o ano contábil de 2022”, afirmou Orivaldo.

O QUE O PEC TEM?:

O futebol mato-grossense produziu algumas figuras folclóricas durante sua história, tanto na personificação de seus times, quanto torcedores e administradores.

O PEC (Poconé Esporte Clube) é figura histórica nacional em todas as suas facetas: O NECÃO – o estádio municipal tem fama de quem chega alí é devorado de alguma forma, ou pelo time ou pela torcida; A TORCIDA – apaixonados, não importa se o time esta na primeira ou segunda divisão, a torcida está ali sempre pronta; O TIME – apesar do símbolo ser o Cavalo Pantaneiro o time tem o apelido de capivara; OS PRÊMIOS – de quilos em ouro até uma ‘Vaca”, tudo é motivo de sua característica junto a torcida e os artilheiros; O PRESIDENTE & DIRETORIA – poconeanos e pantaneiros de chapa e cruz, são criativos, entusiastas e colocam a mão no bolso para manter o time. Todas essas singularidades do time fez o PEC ser o queridinho do público e da mídia estadual e nacional.

SEGUNDONA 2022:

A Segunda Divisão do Campeonato Mato-grossense de 2022 pode contar com até 12 participantes. O Congresso Técnico da competição foi realizado pela Federação Matogrossense de Futebol (FMF) com representantes dos clubes.

Atlético-MT, Cáceres, Cacerense, Campo Novo do Parecis, Mixto, Operário Ltda, Paulistano de Nortelândia, Poconé, Primavera e Sorriso Esporte Clube enviaram representantes ao arbitral. Araguaia, de Barra do Garças, e Sinop não estiveram representados, mas acenaram com o interesse em participar. A divisão de acesso do futebol mato-grossense tem previsão de início para 17 abril. Campeão e vice serão promovidos à elite estadual de 2023. Poconé e Sinop foram os times rebaixados na temporada passada e, caso confirmem participação, tentarão subir neste ano.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.