Prefeitura finaliza 3ª etapa e distribui o total de mais de 2400 cestas básicas a comunidades quilombolas do município.

Em parceria com o Ministério da Cidadania e a Fundação Cultural Palmares, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda, finalizou a distribuição de 2.400 (Duas mil e quatrocentos) cestas básicas, a comunidades e assentamentos quilombolas do município, com objetivo de auxiliar e respaldar as famílias, garantindo a segurança alimentar e nutricional da população mais vulneráveis do município de Poconé (104 km da capital Cuiabá).

A Fundação Cultural Palmares está à frente na organização das entregas das cestas, tendo todo o apoio logístico da Prefeitura, por meio da Secretaria de Ação Social, que vem prestando auxilio nas entregas juntamente com as equipes da Assistência Social, para que esses alimentos cheguem de forma segura aos beneficiários quilombolas.

As comunidades contempladas foram: Carretão, Campina II, Rodeio, Morrinho, Pedra Viva, Passagem de Carro, Capão Verde, Sete porcos, São Gonçalo II, São Gonçalo I, Imbé, Campina de Pedra, Jejum, Santo Agostinho, Cagados, Laranjal, Aranha, Pantanalzinho, Chafariz, Curralinho, Rodeio, Varal, Céu Azul, Minadouro, Morro Cortado, Minadouro, Coitinho, somando o total de 2.412 (duas mil, quatrocentos e doze) cestas básicas.

De acordo com a Primeira-dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Joelma Gomes, a parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (SETASC) na distribuição das cestas, faz parte de um dos principais objetivos da pasta, que é o atendimento de ajuda humanitária, onde o suporte a família vem se tornando realidade, graças ao fruto dessas parcerias, que envolve o poder público municipal, estadual e federal. A Prefeitura vem disponibilizando suas viaturas e equipe para fazer o transporte dos alimentos, tendo em vista dar auxilio, principalmente nesse momento pandêmico na qual muita família tem sentido os impactos causados pela pandemia, chegando em boa hora para atender os mais necessitados.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.