POCONÉ: Dudu solicita reforma e utilização para antiga cadeia pública

Em Poconé, cidade pantaneira distante 100 quilômetros de Cuiabá, capital de Mato Grosso, um dos prédios do governo do estado está fechado a mais de um ano, trata-se da antiga cadeia pública.

O Vereador Luis Eduardo – Dudu (PSDB) conseguiu no inicio do mês de setembro que mais uma de suas INDICAÇÕES fosse aprovada por unanimidade na Câmara dos Vereadores, na ocasião o parlamentar solicitou a reforma e nova utilização do prédio do governo do estado.

O pedido, que ainda não teve resposta oficial, foi encaminhado ao prefeito do município Atail Marques do Amaral e ao Governador do Estado Mauro Mendes; “no sentido de buscar entendimentos e tomadas de providencias para realizar reforma na estrutura física da antiga Cadeia Pública, desativada, e que a mesma após reformada seja destinada ao Município para receber animais que foram atingidos com as queimadas na região do Pantanal, estão precisando de alimentação, água, tratamento, ajuda, socorros e o município não dispõe de outra estrutura adequada para abrigar esses animais”, escreveu o parlamentar em sua justificativa.

Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta