O Vereador de Poconé, Luís Eduardo (Dudu) é convidado mais uma vez para se manter como membro da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais Assembleia Legislativa.

O convite partiu tendo em vista o parlamentar ser um defensor aguerrido do homem pantaneiro e do pantanal, liderando ações de preservação do pantanal, suas tradições e combate as queimadas.

Recentemente o vereador reuniu em uma Audiência Pública (proposta de sua autoria) al qual debateu a prevenção e ações de combate a possíveis incêndios no pantanal. Construção de poços artesianos na extensão da Transpantaneira, etc.

A Câmara dos Vereadores ficou lotada com um público envolvendo pantaneiros, criadores, pecuaristas, fazendeiros, proprietários de pousadas e classe organizada e autoridades estaduais e representantes da assessoria do senado federal.

Segundo o vereador Dudu, os assuntos debatidos foram vários “uma forma de esclarecer sobre o início e andamento das obras, as parcerias necessárias, utilização das benfeitorias, responsabilidades da execução, entre outros assuntos a serem pontuados pelas pessoas presentes”.

Várias autoridades prestigiaram o evento. Representando o poder executivo municipal, esteve presente a Secretária de Meio Ambiente Danielle Assis; a Secretaria de Cultura Mariana Pereira, o Secretário de Turismo Manoel Salvador (Dodô), e a Diretora de Obras Carlina Falcão.

Além do Vereador Dudu, estiveram presentes os Vereadores: o presidente Itamar Lourenço, e os vereadores: Sérgio Maracanã, Benedito Aurélio, Márcio Fernandes, Fátima de Aquino – Fáfá e Jossielma Silva.

Do Governo do Estado, participou o senhor Marcus Ogeda – Superintendente de Estrutura do Turismo, representando o Senador Welington Fagundes esteve o seu assessor José Márcio Guedes, e a senhora Justina, ao qual argumentou sobre a importância de identificar onde serão perfurados os poços na extensão da Transpantaneira.

Entre os participantes que debateram durante a audiência, estiveram: Senhor Raul – Presidente do Sindicato Rural, Dr. Márcio Anthero – Promotor de Justiça, 1º tenente BM Frank Marcelino de Oliveira – Comandante do Corpo de Bombeiros de Poconé, Senhor Ricardo Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat).

A audiência levantou questões, como: ações de prevenção, e além da construção dos poços na extensão da Transpantaneira, mencionou as cinco principais estradas identificadas pelo Comissão de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e Sindicato Rural, consideradas fundamentais para o acesso durante os combates aos incêndios no pantanal no ano de 2021, que não foram limpas e estão sem manutenção devida.

“É preciso também que a SEMA seda novamente maquinários apreendidos (em perfeitas condições) ou envie outros maquinários pra Poconé pra realizar os trabalhos necessários. Aqui conseguimos operadores e combustível. A Energisa deve providenciar a limpeza das redes de energia elétrica, tendo em vista que se romper um cabo de energia, o cabo ao chão provoca incêndio. Pedimos também celeridade para a construção da pista de aeroporto na região de Porto Jofre. Que a SEMA libere o fazendeiro fazer a limpeza do pantanal e por fim cobramos a execução da lei do Pantanal, sancionada em agosto de 2022.”, esclareceu Dudu.

Luís Eduardo continua tendo como bandeira de luta o pantaneiro e o pantanal.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.