Em Poconé, município do estado de Mato Grosso, na região do pantanal, o Vereador Fábio Oliveira (DEM) continua realizando uma legislatura que está sendo reconhecida pela população como progressista e de afinidade com o social.

Entre as recentes ações na Câmara dos Vereadores o parlamentar apresentou outras de suas proposições.

Comunidades Rurais: Fábio solicitou através de INDICAÇÃO encaminhado ao prefeito Tatá Amaral, e Secretário Municipal de Infraestrutura Ney Rondon Marques, para que tomem providências e realizem a reforma da caixa de água que atende a rede de distribuição de água nas comunidades rurais Santa Filomena e Baía do Campo, município de Poconé – MT, com custo orçamentário aproximadamente de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

Fabio justificou que: “As caixas de águas já há algum tempo encontra-se danificadas e sem funcionamento conforme demonstra a foto anexa, faz necessário o Poder Executivo efetuar a reforma para restabelecer o abastecimento de água nas comunidades”, defendeu o parlamentar.

Patriotismo: Através de INDICAÇÃO, o vereador apresentou solicitação ao prefeito Tatá Amaral, e a senhora Viviane Cristina da Silva Lemes, Secretária Municipal de Planejamento e Administração; “no sentido de buscar entendimentos e tomadas de providencias para confecção/aquisição de bandeiras do Brasil, Mato Grosso e do município de Poconé, para que sejam hasteadas conforme especifica o Art. 11 da Lei Municipal nº 428 de 09 de dezembro de 1971, dispõe sobre a forma e apresentação dos símbolos do município de Poconé e dá outras providencias”.

Identidade visual: Fábio Oliveira reiterou outras duas indicações já aprovadas em plenário INDICANDO novamente ao prefeito Tatá Amaral, no sentido de buscar entendimentos e tomadas de providencias determinando ao setor competente viabilizar obra de confecção de letreiros em caixa alta de fibro cimento com os dizeres “Eu amo Poconé”, em pontos estratégicos da cidade de Poconé – MT; bem como com os dizeres “Eu Amo Capão de Angico”, em ponto estratégicos da Comunidade Rural.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta