Não é normal faltar água!

Não é normal ter contas gritantes de água sem consumir!

Não é normal a população reclamar a mais de um ano com problemas de abastecimento em Poconé!

Frases assim nortearam a “Audiência Pública” que pedia esclarecimentos a empresa “Águas de Poconé” sobre os problemas de abastecimento em Poconé. O Vereador do MDB Dr. Sérgio Assunção foi quem requereu a audiência.

O auditório da Câmara Municipal de Poconé recebeu ontem quarta-feira, a audiência pública sobre as condições atuais do sistema de abastecimento de água no município de Poconé.

Nos pronunciamentos foi alertado sobre os riscos da falta do “precioso líquido”, além de cobrar investimentos da concessionária Águas de Poconé, responsável pelo abastecimento de água na cidade.

Em 2020, A cidade de Poconé, distante 104 km de Cuiabá, enfrentou uma das maiores seca da historia, Isso porque o Rio Bento Gomes, que abastece o município, ficou praticamente seco.

Para que o pouco de água do rio fosse bombeado pelas máquinas, a empresa precisou usar tratores para cavar um pequeno canal para que o restante da água pudesse passar. De acordo com a empresa, o contrato firmado entre a concessionária e a prefeitura determina que o abastecimento de água no município tenha que ser feito por meio do Rio Bento Gomes e, por isso, a empresa não tem responsabilidade pelo problema.

A empresa Águas de Poconé vem realizando estudos geológicos na cidade para construção de poços artesianos, com isso vem amenizando a falta de água no município pantaneiro. Até o momento a cidade conta com cerca de 18 poços artesianos, a maioria deles construído pela concessionária.

Segundo o diretor da empresa, uma construção de uma canalização para buscar Água no Porto Cercado é praticamente descartada, segundo ele o investimento chega a quase R$ 40 milhões, o que ocasionaria um aumento muito alto nas tarifas que seriam repassada a população.

Participaram da Audiência Pública: Promotor de Justiça, Diretor Geral da Águas de Poconé, Procurador Jurídico da Prefeitura de Poconé, Vereadores e demais presentes na sessão. A audiência foi transmitida por vídeo conferência para a população que pode acompanhar nas redes sociais da Câmara dos Vereadores.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta