Prefeitura realizou palestras e Pit Stop orientativos a respeito do dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Poconé

No ultimo dia 18 de maio, dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda, realizou diversas ações juntamente com o Conselho Tutelar Municipal, CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Secretaria de Educação e demais parceiro, com alunos da Escola Municipal General Caetano de Albuquerque e em diversos pontos do município, repassando informações importantes e realizando palestras orientativas, a respeito da importante do enfrentamento ao abuso e exploração sexual.

As ações foram realizadas durante o dia todo, com objetivo de reforçar e sensibilizar a população, por meio de materiais informativos e interativos, visando à formação e proteção integral das crianças e dos adolescentes no espaço doméstico e nos espaços sociais.

Segundo a Primeira-dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Joelma Gomes, a data tem uma representatividade muito importante, mas que as ações devem ser realizadas constantemente, de modo que possamos mudar essa realidade, ficar atento e não fechar os olhos para qualquer mudança nas reações de crianças e adolescentes.

“Sabemos da importância dessa data, por isso nos dedicamos nessa força tarefa junto com toda a equipe da Secretaria de Ação Social e demais parceiros, para que possamos mudar essa realidade, não deixando que as crianças e adolescentes do nosso município percam os seus direitos e sofram qualquer tipo de abuso, por isso, realizamos essas ações orientativas para que a população se mobilize nessa luta em defesa dos direitos da infância e da juventude”, disse a Secretária.

SOBRE O 18 DE MAIO: Instituída em 2000 pelo projeto de lei 9970/00, a data se deve ao assassinato de Araceli, uma menina de oito anos que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES). Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje permanece impune.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.