INDICAÇÃO PARA EFETIVAÇÃO DO COMODATO DE USO, ADMINISTRAÇÃO E PRESERVAÇÃO DE ESPAÇO PÚBLICO DO PARQUE TEMÁTICO BERÍ POCONÉ. 

As vereadoras do União Brasil em Poconé: Ageane Barros e Jocilma Amaral, conseguiram aprovação por unanimidade da Câmara dos Vereadores em mais uma de suas INDICAÇÕES.

O pedido foi encaminhado ao Prefeito Municipal de Poconé, Atail Marques do Amaral e estendido a Secretária Municipal de Meio Ambiente Daniele Assis e ainda a CooperPoconé (Cooperativa dos Mineradores), tendo como presidente o senhor André Molina. 

O pedido foi feito para que seja CONCLUIDO o TERMO DE COMODATO DE USO com a CooperPoconé (Cooperativa de Desenvolvimento Mineral de Poconé), cujo objeto é CEDER as instalações sem ônus à referida entidade, a fim de que esta USE, ADMINISTRE e PRESERVE o espaço destinado ao Parque Temático Berí Poconé. 

“Que seu USO seja aberto ao público para visitação e praticas esportivas e sócio-ambientais gratuitas e quaisquer atividades de lazer supervisionadas”, defendeu Jocilma Amaral.

“Que a ADMINISTRAÇÃO, seja de competência da CooperPoconé sem ônus ao poder executivo; Que a PRESERVAÇÃO seja de cunho social, esportiva, turística e educação ambiental; Que a FISCALIZAÇÃO do comodato seja feita pelo executivo municipal e vistoriada pelo legislativo municipal”, manifestou Ageane Barros.

Na justificativa as vereadoras esclareceram que “a mais de três anos tramita entre Prefeitura e CooperPoconé, para que  A COOPERATIVA DE MINERADORES possam assumir a administração do Parque Berí Poconé. A efetivação dessa proposta deve ser concluída em brevidade. 

A sociedade precisa voltar a ocupar e frequentar o referido espaço e as melhorias devem ser realizadas”, solicitaram Jocilma e Ageane.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta