Prefeito, vereadores e representantes da Águas de Poconé reúnem com moradores para discutir melhorias no abastecimento de água nos distritos de Cangas e Chumbo em Poconé

Com o objetivo de levar informações e esclarecer dúvidas sobre a prestação dos serviços de abastecimento de água, a Prefeitura realizou nas noites de quarta-feira (15) e quinta-feira (16), importantes reuniões com a participação de diretores da empresa concessionária Águas de Poconé e com os moradores dos distritos de Cangas (no Centro Familiar) e Nossa Senhora Aparecida do Chumbo (no Centro Comunitário), ambas pertencentes ao município de Poconé (104 km de Cuiabá-MT).

O prefeito Tatá Amaral participou das duas reuniões que contou com participação de secretários municipais, vereadores, e dos diretores da Águas de Poconé André Bicca (diretor-presidente) e Marcos Antunes (diretor-executivo) e da supervisora da unidade da Águas de Poconé, Patrícia Bastos.

Na oportunidade, foi repassada para os moradores dos dois distritos, informações sobre o contrato de concessão dos serviços de abastecimento, as ações para garantir a regularidade no fornecimento de água diante da estiagem e os investimentos programados.

De acordo com o diretor-presidente da Águas de Poconé, André Bicca, algumas ações emergenciais já foram realizadas pela concessionária visando garantir a regularidade no abastecimento de água nos distritos. Ele também informou que, em ambos os distritos, a concessionária tem a previsão de realizar até o final deste ano os trabalhos de análises de poços, cadastramentos, instalações de hidrômetros , dentre outras ações e que serão implantados projetos e ações socioambientais e educativas, de acordo com os interesses da comunidade.

O prefeito de Poconé, Tatá Amaral, destacou a importância dos investimentos da concessionária para continuar levando água tratada e de qualidade para a população. “Nós já tivemos em Poconé, um problema seríssimo com o abastecimento de água por vários e vários anos, até em 2008 quando houve essa terceirização do serviço, os investimentos necessários foram feitos e resolvemos o problema crônico do município que era quando começava o período de escassez da água. Mas nos últimos três anos, a crise hídrica foi generalizada, então, há uma necessidade hoje, de um investimento maior do que quando a empresa assumiu a concessão anos atrás. Estamos indo para o terceiro ano consecutivo no qual os problemas com o abastecimento nas residências se agravaram, mas nem por isso, a empresa Águas de Poconé se omitiu em poder ajudar e resolver. A concessionária está buscando alternativas, para podermos resolver a situação precária da falta de água em nosso município e atender a toda população poconeana”, afirmou.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta