Moradores da região do Pantanal e a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) vão elaborar juntos uma proposta de alteração do Projeto de Lei 5.482/2020, o Estatuto do Pantanal, para encaminhar ao Senado Federal. A decisão foi tomada na ultima quinta-feira (2) em uma Reunião Extraordinária da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Minerais da ALMT na cidade de Poconé (100 km de Cuiabá).

O pantaneiro e também vereador do município, Luis Eduardo – Dudu (PSDDB) liderou uma comissão de autoridades desde o inicio do ano para conhecer o pantanal de perto com intuito de convencê-los a adequar a proposta da lei defendendo o homem pantaneiro.

Adequação do Estatuto do Pantanal:

“Estou honrando de ser convidado para mesa de debates tendo em vista que a minha participação como membro da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Minerais da ALMT trouxe as autoridades para Poconé para revermos e melhorarmos o Estatuto do Pantanal”, declarou o vereador Dudu.

O presidente da Comissão, deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), disse que o assunto gerou muita polêmica nos últimos dias porque os pantaneiros alegam que não foram ouvidos no processo e há um interesse tanto dos deputados como do autor do projeto de lei, senador Wellington Fagundes (PL), de que o desgaste seja reparado.

Durante a reunião, na qual estavam presentes apenas dois dos 24 deputados, Carlos Avallone e Gilberto Cattani (PSL), Fagundes falou via telefone, ao vivo, com os participantes do evento. Na ocasião, ele argumentou que se trata apenas de um projeto e ele está aberto às discussões e alterações.

Entre críticas e debates acirrados, foram apontados diversos pontos incoerentes no texto por técnicos das entidades de classe envolvidas.

Parceria com a ENERGISA para melhorias na transmissão de energia:

Pela manhã o parlamentar guiou uma comissão de autoridades em visita a Transpantaneira, na oportunidade estava presente o senhor Riberto José Barbanera, Diretor Presidente e Diretor Administrativo e de Controles. Foi solicitado ao representante da Energisa que auxiliasse na limpeza abaixo da rede de energia que corta o pantanal e realize maiores manutenção com intuito de não haver interrupção na transmissão. “A exemplo do que será feito na estrada ribeirinha Armando Gomes, uma região que ocorre Frequentes quedas de energia”, pediu o parlamentar.

Além da atenção ao sistema de energia no pantanal Dudu cobrou melhorias na rede urbana.

Doação de câmeras de segurança de alta tecnologia para segurança pública

O Vereador Luis Eduardo – Dudu, auxiliou a comissão envolvendo produtores rurais, Trade Turístico, organizações não-governamentais e empresários dos setores de mineração, comércio e serviço da região de Poconé para custearam o equivalente a R$700 mil na compra e instalação de equipamentos de videomonitoramento para as entradas e saídas do município. No clube CCR ocorreu solenidade de assinatura da doação dos equipamentos.

As sete câmeras de segurança de alta tecnologia foram entregues oficialmente pelo  Sindicato Rural de Poconé  à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), durante o 2º Encontro e 42ª Semana do Cavalo Pantaneiro, que acontece no Parque de Exposições de Poconé. O evento, tradicional na região, reuniu moradores do município e do entorno. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Poconé, Raul Santos, a entidade organizou o processo de compra, mas ela foi efetivada com a participação de todos segmentos, cada um investindo o que estava dentro de sua possibilidade.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.