Confirmado como pré-candidato ao Senado em 2022, o deputado federal Neri Geller (PP) teceu elogios ao colega de bancada deputado federal Juarez Costa (MDB) e disse que o emedebista  foi convidado para se filiar ao Progressistas. 

Neri disse que Juarez é grande liderança na região Norte de Mato Grosso e revelou forte intimidade com o colega de Congresso Nacional. “Temos um time forte. Estamos conversando muito com Juarez. Eu e ele somos irmãos, estamos muito alinhados. Não quero avançar demais porque o MDB é da aliança, mas o Juarez é um grande nome”, comentou. 

Após briga interna no partido, Juarez não esconde o descontentamento no atual partido. Carlos Bezerra e Janaina Riva já disseram que ele continua, porém o momento mostra que ele é assediado por diversas legendas, principalmente após exposição de uma possível “dor de cabeça” com Valtenir Pereira. Ose medebistas negam, mas o racha está explícito no dia a dia da sigla. 

Sem citar briga de MDB ou qualquer outro atrito, Neri também disse que nesse momento o partido está caminhando com o governador Mauro Mendes (DEM) e que a prioridade é seguir a decisão dele, mas a legenda só irá apoiá-lo se ele for candidato. “Pra gente dizer que estamos com Mauro, ele tem que dizer que é candidato. Ele precisa decidir, mas todo mundo sabe que estamos com ele se ele for candidato à reeleição”, pontuou. 

Mesmo com a possibilidade de Otaviano Pivetta, atual vice-governador, ser candidato ao Senado em 2022, Neri evita falar de desafios. Ele sabe que político não escolhe adversário, e que está decidido que irá disputar a Senatória. “Minha opinião é que pra política não se escolhe adversário. Não vou falar em nomes, apenas sei que serei candidato ao Senado”, concluiu. 

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta