O Secretário de Turismo de Poconé, Manoel Salvador (Dodô) representou os municípios pantaneiros de Mato Grosso.

Preocupados com os prejuízos que o pantaneiro e o pantanal tiveram a partir das queimadas de 2020, o entrave do turismo devido ao fator da pandemia do Covid-19, e a necessidade de dar ouvidos ao verdadeiro defensor do pantanal que é o homem pantaneiro, que vem sofrendo com legislações fundamentadas em gabinetes e não na vivencia pantaneira; autoridades de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul voltaram a discutir sobre prevenção de queimadas e Federalização da Transpantaneira que liga Poconé à Corumbá

Além dos pedidos de ações de reconhecimento da importância do homem pantaneiro e da proteção ao Pantanal, diante da inevitável falta de chuva que poderá acarretar em mais incêndios neste ano, as autoridades da região pantaneira de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso levaram para os senadores Nelsinho Trad (PSD/MS), Wellington Fagundes (PL/MT) e deputado federal Vander Loubet (PT/MS) a proposta de retomada do projeto original da MT-060.

A MT-060, também conhecida como a rodovia Transpantaneira, liga a cidade de Poconé até a localidade de Porto Jofre, na beira do Rio Cuiabá, na divisa dos estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, além de ser considerada um atrativo turístico da região Centro-Oeste do Brasil, passa a ser a solução para diversas mazelas das regiões se for concluído seu projeto original de ligação dos dois estados; é isso que as autoridades defendem.

Comitiva Pantanal:

O grupo sul-mato-grossense se reuniu com o representante dos municípios pantaneiros de Mato Grosso, Manoel Salvador (Dodô), atual secretário de turismo de Poconé. No encontro, por intermédio do senador Nelsinho Trad, contaram com a participação do deputado federal de MS, Vander Loubet (PT), que integra da Comissão do Pantanal na Câmara dos Deputados, e do senador Wellington Fagundes que preside a Comissão Temporária do Pantanal no Senado Federal.

O percurso de quase 400 km é ainda de estrada de terra e segundo o secretário de Turismo de MT, Manoel Pereira Leite (Dodo), atende 37 pousadas da região. “O trecho mato-grossense ainda não é de responsabilidade do governo federal e, atualmente, a estrada, em períodos de chuva, fica intransitável”, comentou o secretário de turismo.

A iniciativa do encontro foi do vereador de Poconé-MT, Fábio Oliveira (DEM), que participou das discussões por vídeo conferência. Os vereadores de MS: de Anastácio Ademir Alves Guilherme; de Ladário, Bruno Emanuel Fonseca da Cruz, de Corumbá, Chicão Vianna; de Porto Murtinho, Rodrigo Fróes Acosta, conseguiram o apoio do senador Nelsinho Trad.

“Falamos sobre a preocupação com a falta de chuva no Pantanal. Das 12 medidas estabelecidas no nosso relatório da comissão, duas já estão sendo cumpridas e precisamos das demais como a prevenção”, explicou o senador Nelsinho Trad.

Federalização da Transpantaneira:

A reunião, segundo o deputado Vander Loubet, foi produtiva para retomar a discussão sobre a federalização da transpantaneira, estrada que liga Poconé (MT) à Corumbá (MS). “Os dois governos em épocas anteriores já sinalizaram o interesse e, agora, vamos buscar esse projeto, porque encurtar distâncias, favorecer o corredor bioceânico por Murtinho”, comentou o deputado Vander Loubet.

O Senador Wellington Fagundes, demonstrou entusiasmo com a atitude de união entre ambos o estado e se comprometeu em defender o que for melhor para o homem pantaneiro e o pantanal.

Atualmente, a estrada tem 127 pontos de cimentos e não é pavimentada. Foi criada em 1970, antes da divisão de Mato Grosso, as obras da Rodovia Transpantaneira já eram consideradas um grande sonho de desenvolvimento para os moradores da região, segundo informações do secretário de Turismo do MT. “O objetivo era interligar o sul e o norte do Pantanal, além de unir duas importantes cidades, Poconé e Corumbá, assegurando assim a integração de toda a região”, explicou. A construção à beira do Rio Cuiabá, em Porto Jofre, não teve mais continuidade desde 1976. “As autoridades dos dois estados nos pediram hoje para a retomada desse antigo sonho, vamos buscar o entendimento entre os dois governadores de MS e MT e com o governo federal”, finalizou o senador Nelsinho Trad.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta