A Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso (Seduc-MT), por meio da Superintendência de Diversidades/Coordenadoria de Educação do Campo e Quilombola, divulga a lista das 40 escolas selecionadas para implementar o “Projeto Educação Ambiental e Sustentabilidade”. Os investimentos do Governo do Estado serão de R$ 220 mil.

De Poconé, município pantaneiro com dezenas de comunidades quilombolas, duas escolas foram selecionadas, sendo: Escola Don Francisco de Aquino Correa no Distrito de Cangas e Escola Antônio Garcia no Distrito do Km 120, ambas receberão o complemento de cinco mil reais cada uma.

O objetivo é subsidiar projetos ambientais, que ampliem as aprendizagens essenciais dos estudantes, no que tange à temática de Educação Ambiental e Sustentabilidade, contribuindo para que os mesmos estabeleçam conexões entre os componentes curriculares presentes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a Parte Diversificada do Currículo das Escolas do Campo.

Os projetos também são uma oportunidade para que, interdisciplinarmente, os estudantes desenvolvam competências como conhecimento, empatia, cooperação, criatividade, pensamento crítico, comunicação, inovação e planejamento que corresponderão em ações e posturas responsáveis frente aos problemas ambientais que afetam o ambiente escolar e comunidade.

Os eixos temáticos a serem desenvolvidos englobam, entre outros temas, construção de orquidário, reflorestamento de áreas degradadas, arborização de ambientes, reciclagem de lixo, proteção de nascentes, rios e cursos d`água, comunidade e poluição, segurança alimentar e reaproveitamento de alimentos e economia solidária, todos com o intuito de sensibilizar estudantes e comunidade escolar quanto à preservação do meio ambiente. A responsabilidade da assessoria técnica – acompanhamento e as avaliações futuras do projeto – será dos técnicos da Coordenadoria do Campo e Quilombola da Seduc-MT.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.