Mato Grosso recebe 113.920 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (24)

O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 113.920 doses de vacinas para a imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. Uma remessa chegará em Mato Grosso às 10h20 e outra às 15h35 desta quinta-feira (24.06), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

Às 10h20 chegarão, por um voo da Azul, 22.850 doses da Janssen e 54.800 doses da CoronaVac. Para as 15h35, está prevista a chegada de 36.270 doses da Pfizer por um voo da Latam.

A vacina Janssen deve ser aplicada como dose única em pessoas entre 55 e 59 anos. Os imunizantes da CoronaVac devem ser aplicados em lactantes. Para as doses da Pfizer, a recomendação do Estado é de que sejam utilizadas em pessoas com comorbidades ou deficiência permanente grave, gestantes, puérperas ou lactantes e trabalhadores da Assistência Social.

Para a vacina CoronaVac, o prazo de aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias. O prazo da segunda dose da Pfizer é de até 12 semanas. Já o imunizante Janssen é de aplicação única. 

O detalhamento para cada público poderá ser acessado na resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), divulgada após a chegada dos imunizantes.

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes, no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Simultaneamente à operação logística, as equipes administrativas trabalham na resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB), colegiado que oficializa o quantitativo de doses a ser destinado para os 141 municípios.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 1.684.920 doses de imunizantes contra a Covid-19.

Posted Under Sem categoria
Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta