Mais 628.290 doses da vacina covid-19 da Pfizer chegaram ao Brasil na noite dessa quarta-feira (12). A remessa, que veio da sede do laboratório na Bélgica, desembarcou no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Esse é o terceiro lote do contrato com a farmacêutica, que prevê 100 milhões de doses entregues até setembro de 2021. O Ministério da Saúde já distribuiu, até o momento, 1,6 milhão de doses do imunizante, ampliando ainda mais a campanha de vacinação em todo o país.

Os imunizantes estão armazenados no Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP). A equipe do Programa Nacional de Imunizações (PNI) trabalha para organizar a logística de distribuição o mais rápido possível. A estratégia de vacinação é revisada semanalmente em reuniões entre Governo Federal, estados e municípios a cada lote de vacinas entregue pelos laboratórios. A previsão é de que a distribuição ocorra nos próximos dias.

Em Guarulhos, as vacinas da Pfizer estão armazenadas a uma temperatura entre -90ºC e -60ºC. Ao serem enviadas aos estados, as doses estarão expostas a temperatura de -20ºC. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de 2ºC a 8ºC, elas precisam ser aplicadas em até cinco dias. Em função disso, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação seja concentrada nas 27 capitais brasileiras.

O Ministério da Saúde já distribuiu mais de 82 milhões de doses de vacinas covid-19 para proteger milhões de brasileiros em todos os estados e no Distrito Federal. Nesta quinta-feira (13), a pasta coordena a 19º pauta com a distribuição de mais 5,7 milhões de doses de vacinas AstraZeneca/Oxford e do Instituto Butantan para todo o país.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta