Ocupando a posição a 350ª posição geral, a empresária Lucia Borges Maggi lidera a nova lista da revista Forbes entre as bilionárias brasileiras à frente, inclusive, da dona da Magalu, Luiza Trajano . A magnata do agronegócio é dona de uma fortuna estimada em US$ 6,9 bilhões (cerca de R$ 32,3 bilhões). Em janeiro deste ano, a Amaggi, empresa criada pela família da paranaense, ocupava a 13ª posição na lista das 100 maiores empresas do agronegócio no Brasil.

A companhia foi fundada com o nome de Sementes Maggi, em 1977 em São Miguel do Iguaçu, no Paraná, sob o comando de Lúcia e seu marido, André. Com o passar dos anos, o empreendimento se tornou um dos maiores exportadores de soja do mundo, com destaque no cultivo de grãos.

Filho da empresária chegou ao Senado

O filho da empresária, Blairo Maggi, também se destacou na gestão da empresa. O prestígio no agronegócio fez com que o empresário ficasse conhecido como “rei da soja”. Blairo, além de ser acionista do grupo, foi governador de Mato Grosso por dois mandatos (2003 e 2007), senador e ministro da Agricultura no governo Michel Temer.

Em 2017, o empresário foi investigado pela Procudora-Geral da República (PGR) , após delatores da Odebrecht dizerem durante a Operação Lava Jato, que ele teria recebido R$ 12 milhões durante sua campanha à reeleição em 2006 em troca de apoio à construtora.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.