O Paraibano, Samuel Olyver conta que sempre sofreu preconceitos, desde a época da escola, além de muitas dificuldades para se encontrar.

Samuel Olyver | Foto: Divulgação

 
“Desde pequeno já notava que era diferente dos outros colegas,uma criança quieta e que adorava amizades com meninas. Eu gostava de filmes da Barbie e odiava brigas”, relembra Samuel.

Samuel Olyver | Foto: Divulgação


Para Olyver, mais difícil que o preconceito, era o fato de não saber quem era ele e ficar fazendo vários questionamentos e não obter respostas. “Não era fácil, o que eu sabia que não gostava pelos olhos da sociedade não era o correto. Fiquei isolado e evitava contato com as pessoas para não me sentir julgado”, lamenta o influenciador.


Anos depois, Samuel segue superando os traumas  e tem se tornado referência no instagram, abordando conteúdos para os jovens LGBT.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta