O Governo de Mato Grosso investiu, nos últimos quatro anos, R$ 86,3 milhões em editais de fomento à cultura, impactando a vida de cerca de 18 mil trabalhadores. O assunto foi destaque no Podcast Conecta Jovem desta quinta-feira (15.12), que teve como entrevistado o superintendente de Políticas Culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Raphael Dourado.

De acordo com o gestor, os editais vêm atendendo diversos segmentos da classe e artistas que ainda não haviam tido acesso a estes recursos, além de proporcionar o acesso da população a bens culturais regionais.

“De 2020 para cá, houve uma redefinição de editais para resgatar pessoas que não tinham oportunidade de serem contempladas. Estamos democratizando o sistema e oportunizando a todos. São inúmeros projetos envolvidos, de todos os cantos e regiões do estado e com grande diversidade de produtos, serviços e vivências culturais”, afirma Dourado.

Neste episódio, conduzido pelo jornalista Lucas Rodrigues e pela servidora Katharina Yamashita, o superintendente também comentou sobre a modernização e eficiência no setor de Cultura e destacou os planos e projetos para o próximo ano, entre eles, a aplicação das leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2.

Para ouvir o sétimo episódio do podcast “Conecta Jovem”, acesse os canais do Governo de Mato Grosso no Youtube e Spotify. 

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta