Fiscais do Indea flagraram uma situação inusitada durante a barreira volante na MT-100 no município de Cocalinho, na divisa com o Estado de Goiás. Eles autuaram um motorista de um veículo Pálio weekend transportando três bezerros de 5 a 12 meses no porta-malas.

A abordagem ocorreu próximo ao posto abandonado Itacaiu, por volta das 14 horas, de quarta-feira (30).

“Na nossa região nunca houve uma situação dessas, que encontrasse essa situação de trânsito. Além de não portar nenhum documento sanitário, o tipo de veículo transportado dos animais não é adequado”, comentou o fiscal do Indea, Ricardo Gonçalves.

Além de ser multado em 4,5 UPF, o que equivale a R$ 954,45, pela falta da Guia de Transporte Animal (GTA), o motorista teve que retornar com os animais para a propriedade de onde ele buscou os bezerros.

O homem contou aos fiscais que os animais eram de um arrendamento dele em uma propriedade em Cocalinho, como findou o arrendamento e ele não conseguiu vender os animais, estava levando para uma chácara de propriedade da esposa dele em Goiás. Os bezerros seriam transportados no porta-malas por mais 190 quilômetros.

Ricardo contou que orientou ao motorista que utilizasse um veículo apropriado para transportar os animais, pois ele poderia responder criminalmente por maus-tratos.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.