“Não quero saber de fuxico de política, o bom é que já vacinei e sou sempre bem atendido no postinho perto de casa”, declarou José Félix de 76 anos da cidade de Rosário Oeste.

“A verdade é uma só, eu sei que já vacinei e fui bem atendida em Poconé, e no dia de meu aniversário”, defendeu Dejanira Maria, que fez aniversário dia 31 de março, em Poconé.

Essa é a diferença entre a realidade e a fantasia midiática proliferada por alguns meios de comunicação do estado de Mato Grosso, o que resultou em uma reunião entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-MT) quando debateram as dificuldades e estratégias para a alimentação do sistema oficial de vacinação do Ministério da Saúde. 

“Tenho certeza que as gestões municipais estão fazendo o principal: vacinando a população. No entanto, sabemos das dificuldades que os municípios encontram para atualizar o sistema e por isso promovemos esse diálogo. Há um empenho mútuo para fazermos refletir a realidade da vacinação nos números de Mato Grosso”, disse o secretário Gilberto Figueiredo. 

Por parte do governador Mauro Mendes, foi enviado uma mensagem a todos os 141 prefeitos de Mato Grosso na qual pede uma atuação mais firme para que os dados sobre a vacinação contra a covid-19 sejam inseridos no sistema do Ministério da Saúde.

A mensagem foi encaminhada na manhã de quarta-feira (31.03), em razão de Mato Grosso figurar em último colocado no ranking de vacinação dos estados, divulgado pelo consórcio de imprensa.

“Quero pedir a colaboração e atuação mais firme dos prefeitos nessa campanha de vacinação. É muito ruim para o estado de Mato Grosso passar para todo mundo na mídia que é o estado em último lugar. A nossa função é receber as vacinas, fazer a logística e fazer chegar aos municípios. Feita a vacinação, o pessoal precisa alimentar o sistema do ministério. Peço que os senhores prefeitos orientem, cobrem, ajudem os seus secretários de Saúde para que as secretarias, quando vacinarem, alimentarem o sistema do Ministério da Saúde”, explicou.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta