O apresentador e o ex-ministro da Justiça costuram uma aliança que pode fazer oposição ao presidente Jair Bolsonaro na eleição de 2022.

O apresentador Luciano Huck e o ex-ministro da Justiça Sergio Moro iniciaram negociações para uma aliança na eleição presidencial de 2022. Todas as mídias do Brasil falaram recentemente sobre o assunto em destaque o jornal Folha de São Paulo.

Segundo a reportagem, eles se encontraram no apartamento de Moro em Curitiba no dia 30 de outubro, e acertaram a intenção de união em torno de uma espécie de “terceira via” na disputa pela Presidência. Ainda não houve definição de quem encabeçaria uma eventual chapa, algo que pode ser discutido ao longo de 2021.

Ainda segundo a reportagem, o convite para o encontro partiu de Moro. Huck chegou à residência do ex-ministro em Curitiba por volta das 12 horas, e a conversa se estendeu até pouco antes das 15 horas.

Vale destacar que de acordo com dados da pesquisa exclusiva EXAME/IDEIA, projeto que une Exame Research, braço de análise de investimentos da EXAME, e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria reeleito em qualquer cenário de corrida eleitoral.

Bolsonaro, que afirmou que ainda não sabe se vai disputar a reeleição em 2022, receberia 30% das intenções de voto do primeiro turno contra 18% de Luiz Inácio Lula da Silva e 10% de Moro. Luciano Huck aparece com 5% das intenções de voto, atrás de Ciro Gomes (9%) e na frente de João Doria (4%).

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta