Uma carga de semente de soja desviada de uma empresa transportadora foi recuperada pela Polícia Civil, nesta terça-feira (28.09), no município de Diamantino (208 km a médio norte de Cuiabá). Um homem de 30 anos foi preso em flagrante por receptação.

As diligências iniciaram na segunda-feira (27), após os proprietários da carga, que são do Paraná, procurarem a Delegacia de Polícia de Diamantino e comunicarem os fatos.

Conforme as informações fornecidas à Polícia Civil, no dia 19 de setembro houve um acidente de trânsito com o caminhão, carregado com aproximadamente 36 bags de mil quilos cada, de sementes de soja. Parte da carga caiu na rodovia.

Na ocasião, o motorista de 53 anos registrou o boletim de ocorrência alegando que a carga havia sido toda saqueada por populares que passavam no momento do acidente. No entanto, ocorreu o saque das sementes de soja, mas em pouca quantidade.

Logo que foi informada sobre o acidente, a empresa proprietária da carga enviou funcionários ao local para recuperar as sementes. Entretanto, nesse meio tempo, o motorista vendeu a carga que ficou em cima do caminhão para duas pessoas em Diamantino.

De acordo com as investigações, essas duas pessoas estavam tentando vender o carregamento, fato que chegou ao conhecimento dos proprietários, que atuam no ramo de soja e carga.

Durante as diligências o suspeito de 30 anos que havia adquirido as sementes de soja do motorista do caminhão, bem como sabia que se tratava de uma carga desviada, foi localizado. O segundo envolvido ao tomar conhecimento da ação da Polícia Civil desapareceu.

Em seguida, os policiais civis conseguiram recuperar 18 bags de sementes de soja, que estavam armazenados em uma empresa de autopeças no bairro Novo Diamantino e outra parte em uma propriedade rural na região.

Diante do flagrante, o suspeito de 30 anos foi encaminhado até a Delegacia de Polícia, interrogado e preso pelo crime de receptação. Após interrogatório, foi arbitrada a fiança no valor de 20 salários-mínimos, que até o momento não paga pelo autuado.

Já o segundo investigado, de 34 anos, se apresentou na unidade policial, porém, por não estar em situação de flagrante responderá ao inquérito em liberdade, juntamente com o motorista do caminhão.

O delegado Gilson Silveira do Carmo destaca que a Polícia Civil de Diamantino tem intensificado as investigações e vem mapeando as ocorrências que envolvem desvio de soja e roubo de gado na região.

“A Delegacia de Polícia está preparada e prontas para esclarecer e prender os autores desse tipo de natureza criminal”, destacou Gilson Silveira.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta