O Ministério da Justiça e Segurança Pública instituiu um projeto para reforçar o combate a incêndios florestais. É o Pro-Ambiente, que destinará, nos próximos dois anos, recursos para investimento em materiais e equipamentos para os Corpos de Bombeiros Militares.

“O programa também busca fortalecer a integração entre os órgãos responsáveis nesse enfrentamento. Dessa forma, nos próximos dois anos, nós desejamos trabalhar juntos com os nossos Bombeiros Militares para ouvi-los e saber como levar o investimento com muito mais qualidade e precisão de forma a sempre fortalecê-los, para que as respostas dos estados sejam cada vez mais fortes, atuantes”, ressaltou o secretário Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Renato Paim.

O Pro-Ambiente também quer capacitar gestores, combatentes e peritos de incêndios. E prevê a criação de um protocolo único para os bombeiros atuarem em ações de combate a incêndios florestais e desastres naturais, com foco na especificidade de cada região.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta