A Feira social e da agricultura familiar retornou em grande estilo na noite desta quarta-feira (26/08) no município Poconé (100 km da capital Cuiabá). O evento que antes era realizado as sextas-feiras na Avenida Aníbal de Toledo, próximo a rodoviária teve que ser cancelado devido a pandemia da COVID-19, que devido as restrições, os eventos não poderiam ser realizados.

Levando em conta a redução dos casos no município bem como, o avanço elevado da aplicação das imunizações nos munícipes, a Prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social, Emprego e Renda, juntamente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agropecuário Rural, para celebrar o dia do feirante, comemorado anualmente no dia 25 de agosto, preparou o retorno da feira na qual foram tomadas todas as medidas de precaução impostas pelos órgãos de saúde, bem como o uso obrigatório de máscaras de proteção facial.

Dona Ivaneide Medeiros da Silva, feirante do município de Poconé, ressaltou a importância do retorno das atividades, para os pequenos produtores rurais do município “Muito importante, para nos isso é gratificante, como eu acabei de falar nos só temos que agradecer, eu como feirante só tenho a agradecer, para mim é muito importante isso ajuda muito na nossa renda e qualidade de vida”.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Agropecuário Rural, Jorge Getúlio também ressaltou a importância do retorno dessas atividades para os feirantes e pequenos produtores “assim como já vem sendo realizado nas sextas-feiras na praça da matriz próximo a prefeitura, a feira social e da agricultura familiar é um importante respaldo que a gestão da para esses feirantes, proporcionando um meio de comercializarem seus produtos fomentando ainda mais a renda dessas famílias” disse o Secretário.

Para a Primeira-dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda, Joelma Gomes, o retorno das atividades foi em um momento bastante propicio tendo em vista a estiagem que vem dificultando a vida dos produtores, a feira vem como um meio de auxiliar a essas famílias oportunizando um modo de comercializar seus produtos para a população “Tendo em vista o dia do feirante, optamos por retornar as atividades logo que o município se encontra com um índice moderado relacionado a pandemia e com essa estiagem, esse período da seca que vem castigando a nossa região, optamos por retornar com a feira como um meio de respaldar essas famílias, oportunizando um modo de comercializarem seus produtos, de moda que possam gerar renda e dar continuidade as atividades desenvolvidas pelos mesmos”.

O Prefeito Tata Amaral se disse contente, que mesmo diante das dificuldades que os pequenos produtores vem enfrentando, os esforços e a vontade de trabalhar é algo admirável; “Sem dúvida nenhuma é algo muito bonito de se ver, o empenho dos feirantes, dos pequenos produtores que mesmo diante das dificuldades impostas pela pandemia, pela seca, eles não desanimaram e continuaram firmes trabalhando”, na oportunidade, o gestor destacou importantes obras que estão sendo viabilizadas para atender a classe, como por exemplo a construção do “Barracão da Agricultura Familiar”, onde por meio de emenda parlamentar destinada pelo Deputado Emanuelzinho, será um espaço destinado para que os pequenos produtores possam comercializar seus produtos durante a semana, com toda a infraestrutura necessária para atender tantos os produtores, quanto a população de Poconé.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta