Com a proximidade da chegada do período de estiagem em Mato Grosso, o Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT) firmou parceria com as prefeituras de nove cidades do Estado para implantação da Brigada Mista e formação de equipes para auxiliar no combate aos incêndios florestais nas localidades onde não possuem unidade militar.

A força-tarefa busca criar estruturas de combate e prevenção para evitar catástrofes na natureza causadas pelo fogo.

O Termo de Cooperação já foi firmado com as prefeituras das seguintes cidades: Gleba Mercedes (Distrito de Sinop), Nova Mutum, Cláudia, Diamantino, Canarana, Jauru, Comodoro, Aripuanã e Marcelândia. Outras três cidades, União do Sul, São José do Rio Claro e Nova Monte Verde, estão nas tratativas finais para consolidação deste importante trabalho integrado que será implementado em cada uma delas.

Para executar o plano de ação, as prefeituras ficam responsáveis pela contratação dos profissionais, disponibilização do espaço, equipamentos, transporte, combustível e alimentação de todos que irão atuar na função de combate às chamas. Nesta parceria, os militares do CBM ofertam o treinamento teórico e prático das ações que devem ser desempenhadas: manuseio dos equipamentos utilizado como; soprador, mochila costal e abafador. A brigada é composta por dois bombeiros militares e até seis brigadistas civis que tem a importante missão de combater aos incêndios nos terrenos urbanos e demais áreas florestais nas cidades onde forma contratados.  

Além dessas parcerias com os municípios, os militares estarão presentes nas Bases Descentralizadas, uma estrutura própria da corporação que será montada e equipada nas cidades: Alto Paraguai, Brasnorte, Barão de Melgaço, Chapada do Guimarães, Chapada do Guimarães, Cocalinho, Cotriguaçu, Colniza, Feliz Natal, Juara, Nobres, Nova Maringá, Novo Santo Antônio, Nova Ubiratã, Nova Bandeirante, Poconé, Paranatinga, Peixoto de Azevedo, Peixoto de Azevedo Ribeirão Cascalheira, Rosário Oeste, São Francisco do Araguaia, Santo Antônio de Leverger, Vila Bela da Santíssima Trindade e União do Sul.

O Governo de Mato Grosso está atento às questões ambientais e vem executando medidas antecipadas com planejamento e prevenção para combater incêndios florestais. Importante destacar que o Estado já decretou, a antecipação do período proibitivo de queimadas na zona rural, conforme conta no decreto nº 938/2021 do Diário Oficial, publicado no dia 19 de abril.

Toda essa ação faz parte do Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais (POTIF 2021), que faz parte da política pública do Governo do Estado de Mato Grosso como instrumento de resposta preventiva e eficaz no combate às queimadas.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta