Uma carga ilegal de madeira pau-brasil foi apreendida pela Polícia Civil, no domingo (18.07), em ação dos policiais da Delegacia Municipal de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), durante abordagem policial realizada na Rodovia BR-158.

A equipe de investigadores da Delegacia de Confresa realizava diligências de combate a crimes ambientais na região conhecida como “Canta Galo”, quando flagraram um caminhão Ford amarelo, carregado de madeiras de lei.

Durante a abordagem do motorista foi verificado que ele trasportava madeira da espécie pau-brasil, tratando-se de madeira nobre, protegida pela legislação nacional e cuja extração e comercialização são consideradas ilegais.

No total, a carga com 170 lascas de pau-brasil e 10 pranchões de Jatobá, sendo avaliada em mais de R$ 15 mil. Questionado, o motorista do caminhão confessou que o dono da madeira, e que o material seria utilizado em sua propriedade.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Confresa, onda após ser interrogado pelo delegado, Matheus Soares Augusto, foi autuado em flagrante por crime ambiental.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta