COM NERI: Grupo pró-Lula ‘recalcula rota’ para salvar chapa em MT

Com a liberação da candidatura do deputado federal Neri Geller (PP) para a disputa ao Senado, a Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PC do B) vai recalcular a rota de campanha do grupo na tentativa de salvar a chapa de esquerda em Mato Grosso, afirma ‘Gazeta Digital’ em reportagem assinada por Allan Mesquitta.
Até então, o grupo pró-Lula navegava em um mar de incertezas diante da possibilidade de Neri não poder disputar o pleito nas eleições de outubro próximo. Com a decisão favorável ao parlamentar, lideranças vão se reunir para traçar a estratégia que será utilizada nas últimas semanas de campanha para evitar um “naufrágio eleitoral”.

“A gente estava nessa expectativa da liberação do Neri para reforçar a campanha de todos nos municípios de Mato Grosso. A chapa tinha ficado impactada e adormecida. A partir de agora vamos ter reuniões para traçar uma nova estratégia, usando os dias que ainda restam para colocar a campanha de Neri de fato na rua”, disse a deputada federal Rosa Neide (PT).
Conforme noticiou o  o site Gazeta Digital, Geller teve seu mandato enquanto deputado federal cassado pela Justiça Eleitoral e, posteriormente, seu registro de candidatura indeferido pelo TRE. Após recorrer da decisão, o produtor rural conseguiu a liberação para disputar ao Senado.
O impacto na decisão atingia a chapa toda, inclusive o projeto da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), que é a candidata ao governo pelo grupo de oposição.
Com a nova decisão, a Federação pretende explorar a imagem do ex-presidente Lula na tentativa de conquistar o voto do eleitorado mato-grossense.
“O presidente Lula vai entrar forte na campanha dele e nas mídias. Além disso, o Neri tem mais de 100 prefeitos do Estado alinhado com ele. São pessoas que estão organizadas em todos municípios. Vamos fazer reuniões estratégicas para que todos vão para a rua com a segurança da candidatura dele”, disse.

Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.