CAVALHADA: Arena recebe últimos cuidados preparativos

Arena recebe últimos cuidados preparativos para a realização da Cavalhada em Poconé

A Prefeitura de Poconé, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agropecuário Rural, está dando apoio logístico aos festeiros do Glorioso São Benedito, em especial, nos preparativos da arena do Clube Cidade Rosa (CCR) onde é realizada a Tradicional Cavalhada de Poconé (100 km de Cuiabá-MT).

A atração que reúne milhares de pessoas (moradores locais, turistas e visitantes) acontecerá no próximo dia 26 de junho (domingo), a partir das 08h (oito horas da manhã).

Com a utilização de uma patrulha mecanizada (trator e grade aradora), a equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agropecuário Rural fez, nesta semana, todos os ajustes necessários para que a arena da Cavalhada ficasse apropriada para a utilização dos cavaleiros mouros e cristãos durante o espetáculo.

CAVALHADA DE POCONÉ

A Cavalhada de Poconé é uma tradicional festividade de origem portuguesa que ocorre em Poconé, município do estado de Mato Grosso.

A tradição chegou a Mato Grosso em 1769, em comemoração à chegada de Luiz Pinto de Souza Coutinho, terceiro governador de Mato Grosso.

A manifestação é comumente associada a famosos episódios da história e da literatura universal, como a Guerra de Troia e as Cruzadas. Cavalos e cavaleiros ricamente ornamentados competem ao som do repique de uma “caixa”. A Cavalhada acontece todos os anos durante a Festa de São Benedito, em junho, que além do embate entre os exércitos mouros e cristãos, a Cavalhada tem ainda o Baile dos Cavaleiros, a Festa da Iluminação (com espetáculo pirotécnico), a Dança dos Mascarados, siriri e cururu, e é encerrada com um grande show popular.

Durante a festa, cavalos e cavaleiros ornamentados disputam a rainha, que fica sob a guarda do festeiro. Participam da apresentação 24 cavaleiros, doze do exército mouro, e doze do exército cristão, e mais um auxiliar para cada cavaleiro os chamados pajens.

Walney Rosa
Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta Cancelar resposta