Carmelinda Leal Martines Coelho (União Brasil), prefeita do município de Carlinda, a 724 km de Cuiabá, renunciou ao cargo, nesta terça-feira (3), devido a insatisfação com o resultado das eleições presidenciais realizadas no dia 30 de outubro de 2022.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições.

Ela encaminhou carta com o requerimento à Câmara Municipal de Vereadores e chefiará o Executivo municipal até dia 31, durante transição para o vice, pastor Fernando de Oliveira Ribeiro (PSC). A renúncia  ocorre em protesto a eleição e posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com a nota emitida pela Câmara Municipal, Carmelinda entregou a carta de renúncia na prefeitura às 9h30 desta terça. No documento, ela diz que não concorda com a gestão do novo presidente e abdica do cargo como prefeita.

“Minhas convicções políticas me colocaram na contramão da administração que se inicia no dia 1/1/2023, pelo novo presidente da república e, por isso, não tenho forças para continuar dando o melhor de mim na frente do poder executivo municipal”, consta na carta.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta