Em quatro horas de patrulhamento fluvial, das 15h às 19h, desta sexta-feira (23.07), a equipe da 1ª Companhia de Proteção Ambiental de Cáceres (a 225 km de Cuiabá), apreendeu vários galões de plásticos usados como cevas no Rio Paraguai.

Por causar poluição e dano ao meio ambiente, os policiais abordaram vários pescadores e ribeirinhos que estavam em embarcações ou no leito do rio, explicando o dano causado com o uso do plástico  polietileno. Nenhum pescador foi identificado como autor das armadilhas.

Todas as cevas foram desmontadas e o material encaminhado a Companhia para ser descartado da forma correta.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta