Policiais da Regional de Nova Mutum, com apoio da equipe da Delegacia de Arenápolis, cumpriram, neste sábado (10.12), a prisão preventiva de um foragido, que era procurado pelo homicídio de uma adolescente de 14 anos.

Após cruzamentos de informação realizados pelos investigadores da Delegacia de Arenápolis, foi possível localizar o criminoso, de 20 anos.

No dia 31 de outubro deste ano, o homem preso neste sábado foi um dos responsáveis por matar Ana Lídia Lima dos Santos porque, supostamente, ela seria integrante de facção criminosa rival à dele.

A Polícia Civil de Arenápolis identificou todos os envolvidos no crime e o delegado Hugo Abdon representou pela prisão preventiva de cinco criminosos. Até o momento, três deles foram presos, sendo que dois ainda seguem foragidos.

O inquérito policia foi concluído e encaminhado à Justiça e ao Ministério Público de Nortelândia.

Crime e investigação

Conforme a investigação da Delegacia de Arenápolis, uma facção criminosa determinou a execução das vítimas, de 14, 16 e 33 anos, em um ‘tribunal do crime’ por suspeitas infundadas de que elas seriam integrantes de um grupo criminoso rival. A adolescente Ana Lídia Lima dos Santos, de 14 anos, foi morta e as outras duas conseguiram escapar com vida.

A Polícia Civil agiu rapidamente para esclarecer o crime, assegurar a integridade física das vítimas, colher as provas e identificar todos os criminosos. “O trabalho investigativo continua, principalmente, no sentido de identificar o paradeiro dos outros dois criminosos que estão foragidos”, acrescentou o delegado.

Os investigados responderão por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Conforme a apuração, as vítimas estavam em casa, quando três homens armados invadiram a residência e as renderam. As vítimas foram amarradas e colocadas dentro de um veículo, sendo levadas para a estrada do São Francisco, próximo ao lixão no município de Nortelândia.

Durante o percurso, os suspeitos ameaçaram a jovem de 16 anos por ter publicado uma foto em rede social, supostamente fazendo sinais referentes a uma facção criminosa. Os criminosos pararam o veículo e levaram as duas jovens para um pasto e efetuaram vários disparos. O homem de 32 anos permaneceu amarrado na estrada, até que conseguiu afrouxar a corda e fugir. A adolescente de 14 anos não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Compartilhe.

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados em jornais da Europa, Canadá e Estados Unidos. Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Entre obras já publicadas: A fé e o fuzil (A história de Doninha do Caeté); Boca da Noite (Ficção policial); Ei amigo (A história do Lambadão de Poconé).

Deixe uma resposta