Momentos de terror. Vítima fugiu e buscou a polícia.

Um homem de 33 foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na manhã de sexta-feira (13.05), em Arenápolis, depois de manter sua ex-mulher em cárcere privado e cometer abuso sexual dentro da casa da vítima. E ainda descumpriu a medida protetiva de urgência que a vítima tinha contra ele.

No início da manhã de sexta, a vítima procurou a Delegacia da Polícia Civil e relatou que tinha sofrido agressões psicológicas, físicas e sexuais do seu ex-convivente. Ela estava saindo para o trabalho quando foi surpreendida por ele, que a ameaçou com uma faca e a fez voltar para dentro da residência. Depois, ele a trancou na casa e a forçou a ter relações sexuais.

A vítima conseguiu fugir do cárcere e procurou imediatamente a delegacia.

A equipe de investigação de Arenápolis fez diligência para localizar o agressor, que foi preso no momento em que tentata fugir em seu veículo. Os investigadores conseguiram abordá-lo e fazer a prisão.

“O suspeito já possui histórico de violência contra a vítima, inclusive, ela requereu medida protetiva de urgência, que ele descumpriu”, explicou o delegado de Arenápolis, Hugo Abdon.

Ele será autuado em flagrante pelos crimes de estupro (Art. 213), cárcere privado (Art. 148) e descumprimento de medida protetiva (Art. 24-A, da LeiMaria da Penha). O delegado vai encaminhar representação à Justiça pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

Walney Rosa

Jornalista, produtor cultural e escritor. Walney de Souza Rosa (Vavá Rosa) presta assessoria e escreve para sites de Mato Grosso e de todo o Brasil. Seus artigos literários e culturais já foram publicados...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.