Agricultores de Poconé continuam sendo contemplados com equipe técnica e maquinário para preparação de solo para plantio e cultivo.

Poconé é um município pantaneiro, distante 100 quilômetros ao sul da capital de Mato Grosso, Cuiabá. Com tradições latentes de produção agrícola. Ali as comunidades tradicionais continuam fazendo parte do cinturão verde que abastece o mercado local e destina grande parte de sua produção para a capital e mercado regional.

Entre as localidades que recentemente prepararam o solo para plantio está a Comunidade “Passagem de Carro”.

Para agricultor, Senhor “Gonçalo”, a presença da equipe da Prefeitura Municipal de Poconé foi muito importante para auxiliar no tratamento da terra para cultivo.

O senhor Jorge Getúlio da Silva, atual Secretário Municipal de Desenvolvimento Agropecuário e Rural, fez questão de acompanhar pessoalmente sua equipe no trabalho de campo. “Desde janeiro deste ano, demos continuidade aos serviços prestados pela Prefeitura Municipal de Poconé ao homem do campo. Com determinação do prefeito Tatá Amaral, centenas de propriedades de agricultores familiares do município foram beneficiadas para receber a etapa de preparo do solo, por meio da mecanização agrícola. Oferecemos durante e se necessário depois o conhecimento técnico dos profissionais da secretaria, com isso continuamos produzindo produtos de qualidade para um mercado que a cada dia se apresenta mais exigente. A meta da prefeitura de Poconé é potencializar o pequeno e o grande agricultor valorizando a economia solidária”, esclarece Jorge Getúlio.

LEVANTAMENTO e ESTRATÉGIA:

Com o objetivo de fazer um levantamento técnico e selecionar as áreas para o processo de produção, desde janeiro a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Rural vistoria as comunidades rurais, avaliam o que já foi feito nos últimos anos e se organizam para adequação e fortalecimento de novas produções que atendam o mercado gerando emprego e renda ao homem do campo e o setor de alimentação.

O plantio das espécies depende do desejo do proprietários apesar das orientações técnicas, no entanto a meta é produzir bem, produtos de qualidade, capacidade de mercado e preço acessível, com metas de lucros para o produtor.

Erdes Didimo Santos, Diretor de Desenvolvimento Agropecuário e Rural informou ainda que essas atividades obedecem ao calendário agrícola. “O preparo de solo associado à mecanização ocorre no período que antecede as chuvas. Porém desde o ano passado passamos por períodos atípicos e involuntários de chuva. Em 90 dias da atual gestão estamos fazendo o possível para atender o maior grupo de produtores rurais em toda a imensa zona rural do município. Existem outras áreas em que a secretaria beneficiou ainda no ano passado, então nós fazemos um monitoramento dessas áreas para analisar como está sendo o processo de desenvolvimento do plantio até a colheita. Os monitoramentos são feitos através de visitas às comunidades e conversas com os produtores para fazermos uma análise mais eficaz”, finalizou.

Walney Rosa

Idealizador e Fundador em 21 de janeiro de 2011 da Academia Lítero-Cultural Pantaneira, que compõe escritores, poetas, músicos e defensores da cultura pantaneira (com sede em Poconé) Antes disso em...

Deixe um comentário

Deixe uma resposta