Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Com a proximidade de um novo ano, muitos brasileiros começam a preparar as metas para 2023, o que pode incluir a busca por uma vida menos sedentária, com uma alimentação mais saudável, além de planos para viagens, retomada dos estudos ou uma mudança de emprego ou negócio, apenas para citar alguns.

Para quem pretende investir na carreira, a Tecnologia está entre os sete segmentos que devem liderar as contratações no próximo ano, ao lado dos setores: Jurídico, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Seguros e Vendas e Marketing, segundo uma previsão da consultoria Robert Half.

Para Marcelo Menezes, cofundador da Lean Solutions – empresa que oferece treinamentos corporativos e transformação digital -, a tendência de alta para o mercado de tecnologia pode ser explicada: “Hoje, ter uma equipe capacitada em BI (Business Intelligence) não é um luxo para as empresas, mas uma necessidade. Basta observar quantas vagas estão abertas para o cargo em diferentes setores industriais e em empresas de todo tamanho”.

De fato, a demanda por profissionais nas áreas de software, serviços de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) e TI In-House (Tecnologia da Informação Interna) no Brasil deve chegar a 797 mil vagas nos próximos três anos, conforme um estudo divulgado pela Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais). 

O levantamento da Brasscom também aponta para o déficit de profissionais de TI. Segundo a análise, os cursos presenciais e EaD (Ensino a Distância) de licenciatura, bacharelado e tecnológico em TI e comunicação ofertados no Brasil formam 53 mil pessoas por ano. Isso é somente um terço da demanda estimada de 159 mil vagas anuais até 2025 – o que pode levar a uma falta de meio milhão de profissionais até esta data.

Por que investir em treinamentos baseados em BI?

Menezes destaca que, como muitos gostam de salientar, “dados são o novo petróleo”. “Só que de nada adianta um universo de dados se você não conseguir extrair, transformar e analisar para insights que direcionam os novos planos de ação”, afirma. “Nesse ponto, os treinamentos baseados em BI podem aprimorar habilidades relevantes para profissionais que buscam se destacar no mercado”.

Ele acrescenta que, quando analisadas as vagas abertas em diferentes áreas hoje, duas habilidades são determinantes: domínio com Excel e domínio com ferramentas de BI, como Microsoft Power BI, Tableau e Google Looker. “Então, o investimento nessas habilidades não é mais uma questão de diferencial, mas de necessidade”.

Apesar disso, prossegue, são raros os profissionais que possuem essas habilidades em excelência. “Aqueles que as possuem, se tornam peças-chave dentro das organizações – muitas vezes, assumindo ou criando áreas dedicadas à análise dos dados”.

Quais habilidades são indicadas para 2023?

De acordo com Menezes, há determinadas habilidades que um profissional pode – e deve – ficar atento em 2023 visando o aprimoramento da carreira. “Primeiramente, tenha amplo domínio sobre as funções básicas e avançadas do Excel (Power-pivot, Power-query e VBA), pois grande parte das empresas utilizam essa ferramenta na maioria dos seus processos”.

Depois, acrescenta, vale escolher uma ferramenta de BI: “Recomendo ao profissional se especializar em Power BI pela sua maior participação de mercado. Além disso, entender o funcionamento de bases de dados pode ser um diferencial (especialmente SQL) e, caso queira ir para uma dimensão mais técnica de análise, Phyton e R podem ser caminhos promissores”, aconselha.

No mais, segundo o cofundador da Lean Solutions, é preciso aprender e pôr em prática o que foi aprendido: “Essas habilidades têm mais relação com a prática de uso do que com a aquisição do conhecimento de forma passiva”, ressalta.

Para mais informações, basta acessar: https://www.leansolutions.com.br/

Compartilhe.

Comments are closed.