Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

O Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas em parceria com a CBYK, empresa desenvolvedora de softwares e soluções personalizadas de TI, realizaram o Torneio CEA-CBYK de Simulação de Negócios. A competição teve duração de 11 dias e contou com a participação de mais de 100 alunos e seis docentes no processo de mentoria das equipes que realizaram provas e trabalho de curso.

Os primeiros colocados do evento receberam uma premiação em dinheiro e vão representar a Universidade no torneio latino-amaricano e também no mundial do ano que vem. Mas o conhecimento adquirido nesta jornada, é bem superior a premiação em dinheiro, porque os participantes promoveram uma maior integração na área de negócios, aproximando as áreas da administração, economia e relações internacionais numa mesma ação efetiva, além de desenvolverem habilidades relevantes para a vida profissional, denominadas soft skills, tal qual: trabalhar em equipe, administrar conflitos, focar em resultados, liderança e proatividade.

Ricardo Lopes – Diretor Comercial da CBYK, afirma que o objetivo da parceria é apoiar a PUC Campinas contribuindo para a melhoria contínua dos processos de tecnologia. Além disso, Lopes fala como essa parceria pode evoluir e se fortalecer ainda mais. “Apoiando os projetos do Mescla, que é uma iniciativa promovida pela PUC-Campinas com objetivo de estimular atividades de inovação e empreendedorismo, que são ideias nascidas em um ambiente acadêmico e dinâmico associadas a visão econômica e comercial da Cbyk – Seastorm, podendo resultar em novos negócios e conhecimentos que impactam a sociedade como um todo”, detalha o executivo. 

Para o Professor Eduardo Frare, Diretor adjunto do Centro de Economia e Administração da PUC, o torneio CEA-CBYK de simulação de negócios foi um marco para a PUC Campinas por trazer uma perspectiva de simulações de negócios envolvendo transações internacionais dentro do processo de ensino e aprendizagem dos alunos. “Estamos muito felizes com a parceria que tivemos nesse primeiro torneio realizado, de poder proporcionar aos alunos essa conexão com o mundo empresarial e a abertura de novas oportunidades. Foram 24 equipes, mais de 100 alunos e seis docentes envolvidos. Uma grande realização”, explica Frare. 

Compartilhe.

Comments are closed.