Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

O North Shopping Fortaleza é o primeiro da América do Sul a disponibilizar um aplicativo de geolocalização para deficientes visuais. O app Rotas da Visibilidade usa a tecnologia de posicionamento indoor como diferencial para viabilizar o design universal – possibilitando que pessoas com deficiência visual naveguem com audiodescrição por toda a extensão visitável do shopping. A inovação é uma espécie de “Waze”. A solução foi desenvolvida como parte do projeto V.E.R – Valorizar, Engajar e Respeitar, em parceria com a Zapt Tech, empresa especialista em soluções geolocalização indoor e o Instituto dos Cegos, centro de referência em oftalmologia nas áreas de educação e saúde de deficientes visuais no Ceará.

Para obter a localização exata dos deficientes visuais, o North Shopping Fortaleza foi equipado com centenas de beacons de última geração. Os dispositivos funcionam tal como o GPS, mas em espaços cobertos, uma boa aplicação para a internet das coisas. Para viabilizar o deslocamento, o centro de compras teve todos os caminhos, lojas, serviços, utilidades, obstáculos e recursos de acessibilidade, como pisos táteis, completamente mapeados na plataforma digital com a geolocalização para, finalmente, prover áudio descrição para deficientes visuais.

O app Rotas da Visibilidade permite por comando de voz a busca por loja, produto ou serviço, além de narrar o entorno do usuário continuamente e o conduzir por rotas com audiodescrição, etapa por etapa, até o destino. Durante a caminhada, emite alertas de proximidade de cruzamentos e obstáculos e, para em casos de emergência, traz um botão “Chamar Ajuda”, que aciona a central de segurança do shopping, que é capaz de identificar a localização do cliente para atendê-lo pessoalmente.

Além dos recursos de acessibilidade, a tecnologia de posicionamento utiliza as chamadas “cercas virtuais” (geofencing) para também realizar o marketing de proximidade. À medida que os usuários caminham, promoções, informações e recomendações relevantes para o setor em que ele se encontra são enviadas por meio de notificação. Tudo isso visando oferecer ao público, uma experiência uniforme e tão autônoma quanto possível, dentro do do design universal, que inclui pessoas com variados tipos e níveis de deficiência.

Por estar instalado na vizinhança do Instituto dos Cegos, o shopping possui um fluxo intenso de pessoas cegas ou com baixa-visão. Isso se tornou um estímulo maior para o desenvolvimento do projeto que faz parte das práticas de ESG da empresa.

Lucas Vieira (25) é cego desde os 12 anos, frequenta o shopping desde criança e já faz uso do aplicativo. “A experiência é incrível, eu frequento o shopping desde criança, então tenho uma relação íntima com o lugar, me sinto em casa. Sempre fui dependente de alguém para ir às compras e isso me deu autonomia, fico com a esperança de que essa tecnologia possa um dia ser aplicada de maneira geral nos lugares”, declara.

“Um dos nossos pilares é a responsabilidade social e esse projeto será uma importante referência para estabelecimentos que respeitam as pessoas e que estão alinhados às melhores práticas ESG”, declara Lia Carvalho, gerente de marketing do shopping.

A tecnologia utilizada no aplicativo é fator chave para esse importante salto em recursos de acessibilidade. “Colocamos o chamado GPS indoor a serviço da acessibilidade, permitindo que pessoas com deficiência visual também possam explorar, visitar e consumir de modo autônomo, o que percebemos ser um grande anseio de todos”, avalia Bruno Carneiro, CTO da empresa que desenvolveu o aplicativo em parceria com o shopping.

O Rotas da Visibilidade já está disponível gratuitamente para IOs e Android.

Compartilhe.

Comments are closed.