Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

A cidade de Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, desde abril de 2022 figura como a cidade com maior valorização imobiliária, com metro quadrado que supera os grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo pesquisa realizada pelo índice FipeZap+, responsável pelo monitoramento dos preços, as 50 cidades brasileiras pesquisadas tiveram valorização média de 6,16% em 2022, o maior registro da série histórica iniciada em 2014.

Em dezembro, em Balneário Camboriú o preço médio do metro quadrado foi de R$ 11,4 mil. Em seguida estão Vitória (R$ 10,4 mil), Itapema (R$ 10,3 mil), São Paulo (R$ 10,1 mil), Rio de Janeiro (R$ 9.860), Florianópolis (R$ 9.569), Itajaí (R$ 9.380), Brasília (R$ 8.726) e Curitiba (R$ 8.522).

Santa Catarina vem puxando a alta nacional e Balneário Camboriú vem também potencializando a valorização nas cidades do litoral norte. Além das cidades incluídas na pesquisa, Porto Belo, Tijucas, Balneário Piçarras e Joinville que também vêm registrando aumento no segmento, segundo pesquisa realizada pela Brain para o Sinduscon. “Essa valorização é fruto de um trabalho planejado e de longo prazo desenvolvido pelas empresas em parceria com a prefeitura”, destaca o empresário Jean Graciola.

A FG Empreendimentos, que tem à frente dos negócios a família Graciola, destaca que a valorização vem impulsionando não apenas os empreendimentos em obra, mas também os já entregues. “Nos últimos 12 meses, por exemplo, registramos uma valorização média mensal na ordem de 2,33%, ou seja,  um incremento de quase 30% ano e, desde o processo de alargamento da praia central os investidores viram o índice saltar para casa dos 50% ao ano”, destaca Altevir Baron, diretor de mercado da FG.

A cidade catarinense desponta no cenário nacional e internacional pelos índices de segurança, qualidade de vida, educação e investimentos sociais. Além disso, os arranha-céus também colocam a BC no radar de investimentos. Atualmente, os maiores edifícios do país têm como endereço a praia badalada do litoral, incluindo o maior residencial da América Latina, o One Tower.

“Num passado recente a cidade era vista como segunda moradia, como destino de aposentados e que tinha como grande público nossos irmãos argentinos. Hoje, o cenário é de uma cidade em franco desenvolvimento, com pilares de turismo, tecnologia, saúde e infraestrutura e que vem atraindo investimentos de diversos setores da economia e, principalmente, famílias que usam a malha viária e aérea para conexões, criando um novo e forte eixo econômico no país”, finaliza o presidente da FG, Jean Graciola.

Olhando não o preço do metro quadrado, mas as variações, Balneário Camboriú segue no topo da valorização imobiliária, com índices na ordem de 30%.

Compartilhe.

Comments are closed.