Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Depois de passar por Campo Grande, Dourados, Cascavel, Maringá, Apucarana, Londrina, Presidente Prudente, Araçatuba, São José do Rio Preto e Uberlândia, a carreta móvel “Greenplac na Prática”, que promove workshops gratuitos para marceneiros e profissionais de pontos de venda de produtos de MDF segue para sua última etapa, passando pelos municípios paulistas de Marília, Bauru, Agudos, Leme, Americana, Campinas, Jundiaí e São Paulo (Capital).

A carreta vem percorrendo os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais desde o dia 1º de setembro. A jornada começou em Água Clara (MS), município-sede da empresa, que conta com uma planta de 500 mil metros quadrados e onde trabalham 516 funcionários. O veículo com 40 pés de extensão é totalmente personalizado, iluminado e equipado com demonstração de padrões das seis linhas de produtos da marca. Um especificador técnico da empresa recebe arquitetos, marceneiros, projetistas, designers e vendedores para que conheçam de perto o processo de produção do MDF.

Ao longo dos séculos, a profissão de marceneiro era uma profissão que passava de pai para filho através de gerações. No Brasil, o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo criou o primeiro curso na área no século XX. A comunicação visual da carreta “Greenplac na Prática” valoriza os laços que compõem essa história e prestigia toda a família envolvida no ramo moveleiro, inclusive a nova geração como arquitetos oriundos dessas famílias ligadas à marcenaria. “Por isso, a carreta carrega o slogan ‘Para ser um artista moveleiro é preciso um caminhão de experiência’, explica José Roberto Colnaghi, presidente do Conselho de Administração da Asperbras, a qual pertence a Greenplac, patrocinadora do projeto. “Mais de mil e quinhentos profissionais, entre marceneiros e vendedores, já tiveram a oportunidade de aprender muito com o especificador técnico que segue a bordo da carreta”, reforça Conalghi, “Em 2023, o projeto segue adiante, com novidades”, complementa.

Compartilhe.

Comments are closed.