Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Diante da gradual recuperação do mercado, depois de pouco mais de dois anos de planos adiados em razão da pandemia, o momento é de otimismo para os executivos, que planejam abrir novas vagas de emprego. Isso é o que aponta a 15ª edição do Guia Salarial, desenvolvido pela empresa de recrutamento Robert Half, que também destaca um cenário favorável para oito setores, dentre os quais cinco pertencem a áreas voltadas à administração: finanças, recursos humanos, vendas, marketing e logística.

Em alta, os segmentos da administração indicados pelo guia como tendências de recrutamento em 2023 se alinham ao resultado da pesquisa de boas-vindas realizada pelo Conselho Regional de Administração de São Paulo – CRA-SP com os seus novos registrados.

Entre janeiro e dezembro deste ano, 914 profissionais responderam à pesquisa, que não é obrigatória, e, mediante à análise dos dados, notou-se que 15,4% deles atuam em finanças. Outros 14% trabalham em assessoria/consultoria empresarial; 13,5% estão na área da administração pública; 8% em recursos humanos; 6,7% em administração de vendas; e 6,2% atuam em logística. 

Com o mercado aquecido, as empresas têm buscado por profissionais que dominam não só as habilidades técnicas relacionadas às respectivas áreas, como também aqueles que se empenham no aprimoramento de habilidades comportamentais, como comunicação, relacionamento interpessoal, equilíbrio emocional, resiliência, flexibilidade, dinamismo, foco em soluções, visão de negócio, entre outros.

Modalidades de trabalho

A pesquisa do CRA-SP questionou, ainda, o modelo de contratação dos novos registrados. Os números mostraram que 39,7% deles são contratados via CLT. Já 13,5% são sócios em empresas LTDA ou sociedade simples; 13% são empreendedores; 12,7% são servidores públicos; 10,4% correspondem aos trabalhadores autônomos; e 8,9% estavam desempregados quando responderam à pesquisa.

Importância do registro

De acordo com a lei 4.769/65, para exercer suas atividades legalmente, o profissional da administração deve se registrar no Conselho. Aqueles que cumprem a legislação também estão comprometidos a atuar de acordo com o Código de Ética, que estipula direitos e deveres e, também, prevê sanções aos profissionais que descumprem as orientações.   

Para entender melhor as obrigações legais e os benefícios da inscrição, o CRA-SP dedica um espaço exclusivo em seu site, no qual explica a importância do registro. 

Compartilhe.

Comments are closed.