Com presença marcada em feiras nacionais e internacionais de arquitetura e decoração, ano após ano, a madeira se consolida como um clássico do décor. A ideia de apostar em mobiliários que remetam ao natural tem ganhado cada vez mais adeptos, devido à crescente valorização do homem pelo meio ambiente.

No entanto, neste novo contexto, essa escolha surge cada vez mais aliada a ações sustentáveis. Trata-se de um retorno à simplicidade da estética, porém com maior responsabilidade no uso de recursos naturais.

Como alternativa, é possível investir em soluções inovadoras e conscientes. No Brasil, no caso das tradicionais madeiras de lei, a Sudati MDF, empresa brasileira especializada em MDF, apostou na criação de seis padrões inspirados nos clássicos nacionais, que trazem o impacto e a textura de uma lâmina natural de madeira. A proposta surge como uma opção sustentável, que proporciona uma experiência completa de design para os amantes das madeiras nacionais.

Foram escolhidos para compor o lançamento recente da marca os padrões Cumaru, Ipê, Itaúba, Jequitibá, Pau-Ferro e Tauari, que integram a linha Eleva. O objetivo é resgatar a valorização das raízes brasileiras, trazendo todo o aconchego e naturalidade do material para dentro de casa, mas de forma consciente.

Desta forma, madeiras importantes que por anos habitaram os lares e memórias dos brasileiros ganham novos formatos e possibilidades de aplicação, sem que haja o desmatamento desenfreado das árvores que os inspiram.